Feijoada invade quadras das escolas, restaurantes e até casas de show

Prato é tradição do Carnaval carioca

Por O Dia

Rio - Desde a época de Tia Ciata (1885-1924), cozinheira, mãe-de-santo e grande aglutinadora do samba carioca em seus primeiros anos, feijoada e batuque não vivem um sem o outro. A festa misturando música e gastronomia dura todo o ano, mas chegando bem perto do Carnaval, os blocos e as quadras de escola de samba sempre dão um jeito de incluir o prato entre as iguarias, com clássicos do estilo musical rolando ao fundo.

Feijoada é um prato típico servido nesta época do ano nas quadras de escola de sambaDivulgação

Nesse fim de semana, além de vários restaurantes do Rio, tem duas grandes agremiações do Grupo Especial (Unidos de Vila Isabel e Acadêmicos do Grande Rio) pondo água no feijão para receber os foliões. A Feira das Yabás, um dos principais eventos a unir cultura afro-brasileira e comida, leva para a Praça Paulo da Portela, em Oswaldo Cruz, o pré-Carnaval com o bloco Timoneiros da Viola, que celebra o sambista Zé Ketti (1921-1999). E complementa com várias opções gastronômicas, entre elas a feijoada de Tia Marlene, sobrinha da lendária Tia Vicentina — cujo feijão foi imortalizado por Paulinho da Viola no clássico ‘No Pagode do Vavá’. “Nossa intenção sempre foi fazer algo meio parecido com o que fariam as Tias Ciata e Doca. O pressuposto do que elas faziam”, conta Marquinhos de Oswaldo Cruz, criador da Feira das Yabás, pondo na mistura iguarias como jiló frito, rabada, tripa lombeira e a boa e velha cachacinha. “Fazemos praticamente a reunião de 16 quintais na Praça Paulo da Portela. No começo, era só uma macarronada, mas o samba pede vários tipos de comida!”

A mescla de comida e samba vai para outros lugares do Rio, das Zonas Norte e Sul. O Galpão das Flores do Mercado Municipal do Rio de Janeiro (Cadeg) recebe o primeiro Baile Pré-Carnaval Rio 450 anos do local neste domingo. Estão na festa o cantor Bruno Maia, a banda 7 Estações e a Bateria da Mangueira. E ali bem perto do Galpão, dentro do Cadeg, o que não faltam são restaurantes que servem a iguaria, como o Donamena e o Barsa. Em Niterói, do outro lado da poça, a festa rola no domingo, no Quilombo do Grotão. Entre garfadas no feijão, na carne-seca e no paio, o sambista Lucio Sanfilippo realiza o evento Samba de Fé, que completa dois anos em março, e interpreta sambas com letras de ninguém menos que o escritor e historiador Luiz Antonio Simas, colunista do DIA.

Uma festa que promete é a da Vila Isabel, que fecha o período pré-Carnavalesco amanhã com a tradicional feijoada da escola, e mais um punhado de bambas. O sambista Martinho da Vila, autor do samba de 2016 (ao lado da filha Mart’nália, de Arlindo Cruz e de outros compositores), ‘Memórias do Pai Arraia — Um sonho pernambucano, um legado brasileiro’, se apresenta lá. A homenagem a Dandara Oliveira, 27 anos e musa da comunidade, reúne a rainha de bateria Sabrina Sato e as musas da escola Ágatha Moreira, Nicole Bahls e Ticiane Pinheiro. 

Vila Isabel%3A a feijoada é o prato principal numa festa que ainda traz as musas da escola e da comunidade%2C e show de Martinho da VilaDivulgação

Programação

RESTAURANTES

ASTOR. O restaurante oferece o prato completo somente aos sábados, a R$ 76 para duas pessoas. Avenida Vieira Souto 110, Ipanema (2523-0085). Seg a qua, das 18h à 1h; qui, das 18h às 2h; sex, das 13h às 3h; sáb de meio-dia às 3h; dom, de meio-dia às 22h. Cc.: todos.

BARTHODOMEU. Pela primeira vez o restaurante apoia um bloco de Ipanema, o Se Não Quiser Me Dar, Me Empresta, que sai do Posto 8, dom, ao meio-dia, e tem participação do grupo de axé retrô Ê Saudade. A casa serve feijoada todos os dias e oferece o prato no sistema “tudo o que você puder comer”, por R$ 51,80. Rua Maria Quitéria 46, Ipanema (2247-8609). Seg a dom, de meio-dia às 3h. Cc.: todos.

CADEG. O pré-Carnaval do Mercado Municipal acontece domingo a partir das 15h e tem opções de feijoada, ali mesmo na Cadeg. O Donamena (Rua 05 Lojas 1 e 3, 3860-1626) oferece feijoada de feijão vermelho, com linguiça mineira, linguiça calabresa, bacon nobre de pernil defumado, costelinha de porco defumada e carne-seca especial (R$ 58). O Barsa (Rua 04 Lojas 03 a 06, 2585-3743) tem feijoada nobre, com feijão preto, carne-seca, costelinha de porco, bacon magro e linguiça fina calabresa, refogados duas vezes e com redução de gordura. (R$ 84). Rua Capitão Felix 110, Benfica. Cc: todos.

CAVIST. A feijoada completa é servida em forma de bufê, com todas as carnes separadas e cortesia de batidinha de caju (R$ 80). O samba para acompanhar a feijoada é garantido pelos DJs da casa. Rua Barão da Torre 358 (2123-7900). Seg a sáb, de meio-dia à meia-noite. Cc.: todos.

GARDEN. Antes do desfile do Simpatia É Quase Amor (amanhã, às 16h na Praça General Osório) e do Empolga Às 9 (dom, às 16h, no Posto 9) uma opção é o bufê de feijoada completa do restaurante (R$ 76), que tem uma carta de caipirinhas, feitas com cachaças como Lua Nova (R$ 16,50) e Ypioca (R$ 14,50). Rua Visconde de Pirajá 631, loja B, Ipanema (2259-3455). Seg a sáb, do meio-dia às 2h; dom, do meio-dia às 18h. Cc.: todos.

LAPA 40°. A casa comandada por Carlinhos de Jesus oferece a master feijoada, com os participantes do ‘MasterChef Brasil’ Lucas Furtado e Carla Correia. Tem samba na trilha sonora, com um artista surpresa. Rua Riachuelo 97, Lapa (3970-1338). Amanhã, de meio-dia às 18h. R$ 50. Cc.: Visa e Mastercard.

ESCOLAS DE SAMBA

FEIJOADA DA VILA ISABEL. Quadra da Vila Isabel. Boulevard 28 de Setembro 382, Vila Isabel (2578 0077). Amanhã, ao meio-dia. R$ 20 (ingresso) e R$ 20 (feijoada). Livre.

FEIJOADÍSSIMA DA GRANDE RIO. A festa tem as presenças do cantor Alexandre Pires e da rainha Paloma Bernardi, além da bateria da escola. O ingresso é a camisa que custa R$ 300 e é vendida no Barracão da Grande Rio (2276-2900). A festa é no hotel Royal Tulip. Avenida Aquarela do Brasil 75, São Conrado.

SHOWS

LUCIO SANFILIPPO. O sambista canta músicas compostas pelo historiador Luiz Antonio Simas e lança o CD ‘Do Reino da Pedra Miúda’. Quilombo do Grotão. Rua 41 s/nº, Sítio Manoel Bonfim, Engenho do Mato, Niterói. Dom, meio-dia. R$ 15 (feijoada a R$ 25). Livre.

FEIRA

FEIRA DAS YABÁS Música e gastronomia ligados ao samba e à cultura afro-brasileira, com o bloco Timoneiros da Viola na trilha sonora. Praça Paulo Portela s/nº, Oswaldo Cruz. Dom, a partir das 13h. Grátis.

Últimas de Diversão