Por tiago.frederico
Rio - A União Brasileira de Escritores indicou a escritora Lygia Fagundes Telles para o Prêmio Nobel de Literatura. A indicação, por unanimidade, foi enviada nesta quarta-feira para a Academia Sueca. “Lygia é a maior escritora brasileira viva, e a qualidade de sua produção literária é inquestionável”, diz o presidente da entidade, Durval de Noronha Goyos, em comunicado à imprensa.
Paulistana, a autora tem obras traduzidas para o alemão, espanhol, francês e inglês; italiano, polonês, sueco e tcheco, além de adaptações de suas obras para o cinema, teatro e televisão. Recebeu prêmios como Camões (2005) e Jabuti (1966 e 1974).