História dos Mamonas Assassinas será contada em musical e em série na TV

Músicos morreram há 20 anos em acidente aéreo

Por O Dia

Rio - Há exatos 20 anos, um acidente aéreo tirou a vida de cinco jovens músicos de Guarulhos (SP) que formavam os Mamonas Assassinas. A tragédia colocou um fim na meteórica carreira do grupo, que havia conquistado o país com suas letras bem-humoradas, e deixou em estado de choque uma legião de fãs. Na época, o ator Ruy Brissac tinha apenas 6 anos e custou a acreditar no que havia acontecido com seus ídolos.

Dinho (de camisa amarela) à frente dos integrantes dos Mamonas AssassinasDivulgação

“Eu lembro muito da música ‘Sabão Crá Crá’ e da morte deles, tenho esse sentimento vivo. Parece que tudo parou na minha cabeça. Falei: ‘Não é possível, como isso aconteceu?’ Me marcou muito”, conta Ruy que, duas décadas depois, vai interpretar Dinho, vocalista e líder do grupo, em duas produções distintas: em ‘O Musical Mamonas’, que estreia dia 11 no Teatro Fecomércio, em São Paulo, e na série ‘Mamonas Assassinas’, em cinco episódios, que a Record começa a gravar em abril e estreia em maio.

A incrível semelhança física entre o ator e Dinho ajudou-o a ser escolhido para o papel. Mas não foi o suficiente. Ruy Brissac participou de uma criteriosa seleção para o musical no ano passado. “Foram cinco dias de audições, nas quais tive que cantar, dançar, imitar, interpretar. Passei nos testes e comecei a ensaiar em janeiro”, diz o ator, que segue um lema do ídolo: “O Dinho sempre falava: ‘Acredite em seus sonhos, porque não é impossível, é só acreditar em você’. E eu peguei isso para a minha vida.”

No teatro, os outros integrantes dos Mamonas Assassinas serão vividos por Adriano Tunes (Julio), Yudi Tamashiro (Bento), Elcio Bonazzi (Sergio) e Arthur Ienzura (Samuel), que se apresentaram com Ruy no lançamento da nova programação da Record. E empolgaram! Já na série de TV, escrita por Carlos Lombardi, apenas o intérprete de Dinho está garantido no elenco. “Os outros estão fazendo testes para a série. Mas, como são do musical, eles estão na luta, já têm aquela energia do grupo”, torce Ruy, que vai cantar sucessos como ‘Pelados em Santos’, ‘Vira-Vira’ e ‘Robocop Gay’.

Para incorporar o jeito irreverente de Dinho, o ator também assistiu a vários vídeos dos Mamonas e entrevistas do vocalista. “Procurei ao máximo a semelhança, mas não deixo de colocar um pouco de mim. Tento fazer essa união”, garante. Mas foi o encontro com a família do cantor que lhe trouxe às emoções que faltavam.

“A mãe dele foi assistir aos nossos ensaios e se emocionou. Ela me abraçou e agradeceu por trazer o filho de volta. Isso mexeu com a família. A mãe ficou muito feliz porque o musical só traz alegria, contando desde a trajetória dos garotos no Utopia até o sucesso dos Mamonas”, diz Ruy, que pretende visitar os pais de Dinho novamente para a série. “Falar com a mãe dele me arrepiou, é muita energia envolvida.”

Atores do musical tocam no lançamento da nova programação da Record Divulgação

Aos 26 anos, nascido em Bom Jesus dos Perdões, interior de São Paulo, Ruy já teve banda de rock, mas acabou se apaixonando pelo teatro. Já atuou em outros musicais e agora vai estrear na TV. “O palco é a minha casa, mas a TV é uma experiência nova. Estou ansioso”, confessa ele. “Estou preparado para críticas e elogios. A gente une tudo para fazer um trabalho legal.”

Últimas de Diversão