‘Amores Urbanos’ leva para o cinema atores estreantes

Uma delas é a cantora Ana Cañas, que vive uma homossexual

Por O Dia

Rio - Dos palcos para o cinema. Ana Cañas estreia como atriz no filme ‘Amores Urbanos’, no papel da homossexual Duda, que resiste em ‘sair do armário’ e assumir o namoro de mais de um ano com Mica (Renata Gaspar, a Josy de ‘Chapa Quente’).

“As cenas de alta densidade emocional, como brigas e discussões, e o fato de ela não querer bancar o relacionamento foram os maiores desafios para mim, porque, particularmente, eu não defendo esse modo de pensar. Sou a favor do amor livre”, ressalta a cantora.

Filme Amores Roubados Divulgação

Tanto não concorda que, na pré-estreia do longa, Ana perguntou a uma atriz (convidada da sessão) se ela conhece alguma atriz gay que não se assume. “Todas”, respondeu a artista em questão. “É um exagero, uma brincadeira, mas demonstra como o assunto é real, pertinente e relevante”, aponta Ana.

A produção, que marcou o début de toda a equipe e elenco na sétima arte, conta a história de três amigos que vivem no mesmo prédio na capital paulista. Jovens anti-heróis, eles superam suas desventuras amorosas e profissionais com muito humor. Protagonizado por Maria Laura Nogueira, Renata Gaspar e Thiago Pethit, o elenco conta ainda com participações da estilista Emmanuelle Junqueira, da apresentadora Sarah Oliveira e dos atores Lucas Veríssimo Brilhante e Bernardo Fonseca. 

A comédia dramática tem uma influência de Woody Allen, que brinca com as facetas tragicômicas da vida, como amor, morte, solidão, religião, maternidade, psicanálise e a própria vida. “É sobretudo um filme sobre amizade. Eu acho que esse tipo de trabalho, hoje em dia, tem pouco no mercado”, frisa a diretora Vera Egito, que já está com seu longa em cartaz em circuito nacional. 

Últimas de Diversão