Bia Willcox: As oito mensagens digitais nem tão subliminares assim

Se quiser puxar papo e não tem criatividade nem borogodó pra inventar nada incrível, manda o bom e velho 'oi'

Por O Dia

Rio - A vida é cheia de códigos para se dizer algo que não se queira dizer: o jeito que olha, age e responde. A linguagem do corpo, dos gestos e dos olhares cruzados e lançados fala mais alto do que a boca. São os hipertextos da vida cotidiana.

Pois é, no mundo digital há também códigos quase universais que dizem coisas sem precisarmos digitar mais que uma vez.

1) Quer ser gentil sem falar nada? Mande


2) Não quer dar continuidade ao papo?
Mande

3) Não quer papo nenhum naquele momento? Revele obrigatoriamente a todos a última vez que entrou no WhatsApp sem, no entanto, visualizar a mensagem.

4) Quer falar com duração definida, escreva sua mensagem em uma linha e ponha “bjs” no final.

5) Tá sem saco pra expressar carinho, mas quer colocar a pessoa no saco das pessoas queridas suas? Manda mais de um

6) Quer desaprovar um post ou notícia sem baixar o nível ou xingar, vomite, mas com o emoji certo (e verde!).

7) Quer fazer um elogio máximo a qualquer ser animado ou inanimado?
Seja sucinto:

8) Por fim, quer pedir aquele favorzinho sem entrar de sola, manda:
“Oi, tudo bem?”

Se quiser puxar papo com fins diversos e não tem criatividade nem borogodó pra inventar nada incrível, manda o bom e velho “oi”. No final das contas costuma funcionar.

Últimas de Diversão