Casa Afrocarioca das Artes destaca a arte afro com uma série de atividades

Projeto oferece cinema, gastronomia, música e poesia em um só lugar

Por O Dia

Rio - Cinema, gastronomia, música e poesia tudo num só lugar. Com a intenção de valorizar cada vez mais a produção cinematográfica que destaca a cultura afrodescendente, o Centro Afrocarioca de Cinema, nos meses de julho e agosto, oferece uma série de atividades culturais.

Lázaro Ramos (acima) no curta ‘Oya - Rise Of the Superorisha’Divulgação

Hoje, como parte do projeto Casa Afrocarioca das Artes, a abertura será com a exibição do curta ‘Alma no Olho’ (1973), do cineasta Zózimo Bulbul. “As expressões culturais populares são responsáveis pelas formas mais contemporâneas de transformação”, acredita Biza Vianna, diretora do Centro.

Serviço

CENTRO AFROCARIOCA DE CINEMA. Rua Joaquim Silva 40, Lapa (98159-5054). Sessões a partir das 18h. Até dia 28 de agosto. Livre. Grátis. 


Reportagem Rodrigo Bertolucci

Últimas de Diversão