Igor Rickli revela que tem TOC e planeja férias em Los Angeles após novela

Ator está no ar em 'A Terra Prometida', da Record

Por O Dia

Igor Rickli na pele do rei Marek%2C de 'A Terra Prometida'Divulgação

Rio - Ele é caseiro e adora, nas horas vagas, arrumar a casa, pintar paredes e até criar móveis. À noite, não abre mão de uma boa taça de vinho. Mas confessa que sua maior distração é cuidar do filho, o pequeno Antônio, de um ano e meio. O ator Igor Rickli, que vive o rei Marek, na novela ‘A Terra Prometida’, da Record, diz que vive um dos melhores momentos de sua carreira e, claro, de sua vida pessoal.

“Esses personagens intensos consomem muito a gente. Depois das gravações, quero viajar. E Los Angeles é um dos meus lugares favoritos. Lá, quero descansar e estudar para me aperfeiçoar ainda mais na interpretação”, revela o ator, descendente de suíços, e nascido em Ponta Grossa, no Paraná.

Igor, apaixonado por musicais, iniciou nos palcos aos seis anos, em uma igreja que sua família frequentava. Na adolescência, já começou a produzir seus próprios espetáculos. Aos 18, decidiu se profissionalizar. A convite de uma agência de modelos, o ator, hoje com 33 anos, foi passar uma temporada em São Paulo. Mas o coração do rapaz batia mais forte quando o assunto era atuar. E foi aí que decidiu se mudar, em 2006, para o Rio de Janeiro.

“Sempre quis me destacar como ator, tanto no cinema, no teatro e na televisão. É para isso que me dedico. Sou apaixonado por TV e quero continuar. Não tenho ambição por grandes papéis e sim por bons personagens”, diz ele, que sempre pensou em se profissionalizar como ator.

Para o diretor de ‘A Terra Prometida’, Alexandre Avancini, Igor é ótimo. “Estamos gostando muito dele como ator. Tivemos tantos reis e demos um caminho diferente para o Igor, que está desempenhando o seu papel muito bem. Ele é muito bem dirigível”, avalia o diretor.

Mas antes de viver uma majestade, Igor, em 2010, estreou nos palcos como o protagonista Berger, no espetáculo ‘Hair’, onde aparecia só de tanguinha. No ano seguinte, interpretou Mick Deans, em ‘Judy Garland, Além do Arco Íris’, e como Bolívar, no filme ‘O Tempo e o Vento’. Sua estreia na TV aconteceu em 2013, na novela ‘Flor do Caribe’, dando vida ao vilão Alberto.

“Minha maior paixão é interpretar. Sou feliz em fazer o que faço, principalmente quando os personagens são ousados, os mais diferentes. Quero papéis carregados de dramaticidade”, conta ele, que é fã do ator Marlon Brando.

CHOCÓLATRA
Igor, que já viveu Jesus na Paixão de Cristo, garante que é um bom chef de cozinha e confessa que não abre mão de um doce, de preferência, um chocolate.

“Sou quase uma criança ou uma formiga. Mas minhas saladas são ótimas. Gosto muito de legumes e de temperos”, completa o artista, casado desde 2010 com a cantora Aline Wirley.

Um de seus defeitos, como ele mesmo diz, é a quantidade de manias que tem. Uma é observar e criar história a partir do comportamento das pessoas, apenas vendo a postura de quem caminha perto dele.

“Sou sistemático. Não gosto de nada fora do lugar. Tudo tem que estar exatamente onde deixei. Sou metódico e posso dizer que tenho Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC)”, confessa o ator que, na trama, é casado com Marési (Juliana Silveira), e juntos cometem várias atrocidades para defender Canaã, como sacrifício de virgens e animais.

Reportagem: Rodrigo Bertolucci

Últimas de Diversão