'Aquarius': só para maiores de 18 anos

Classificação etária de filme do protesto em Cannes surpreende

Por O Dia

Rio - A classificação indicativa de 18 anos para o filme ‘Aquarius’, estrelado por Sonia Braga e que chega aos cinemas no dia 1º de setembro, causou polêmica. A Vitrine Filmes entrou com um recurso pedindo a revisão da classificação etária para 16 anos. O pedido foi negado pelo Ministério da Justiça, sob a alegação de que o filme teria “uma situação sexual complexa”.

No Facebook, o diretor Kleber Mendonça Filho divulgou um texto que cita os protestos da equipe contra o impeachment de Dilma Rousseff em Cannes e ironizou a decisão do Ministério. “Alguém no governo fortalecendo o marketing desse filme. Incrível.”

Equipe do filme 'Aquarius'%2C de Kleber Mendonça Filho%2C durante protesto no Festival de Cannes%2C na França%2C contra Michel Temer Reprodução

A produção do filme também protestou. “É incrível ver que Aquarius está se tornando o filme mais controvertido do ano, aparentemente por celebrar a vida de maneira generosa, por ter um ponto de vista social e político e ainda trazer como personagem principal essa coisa assustadora para muita gente que é uma mulher forte, que não leva desaforo para casa. Com essa censura 18 anos, Aquarius torna-se, estranhamente, ainda mais forte.”

Em maio, ‘Aquarius’ concorreu à Palma de Ouro e ganhou destaque com o protesto de seus artistas contra o impeachment. 

Últimas de Diversão