Laura Alvim reabre e festeja seus 30 anos

Mostra sobre o Piscinão de Ramos é uma das atrações da casa de cultura reformada

Por O Dia

Rio - Avenida Vieira Souto, número 176. No endereço à beira da praia de Ipanema funciona a Casa de Cultura Laura Alvim — que reabre de cara nova hoje, às 19h30, com festa para comemorar 30 anos de funcionamento como centro cultural. A nova estrutura proporciona ao público atividades variadas que vão de peças de teatro a shows, de exposições a cafés da manhã. 

Casa de Cultura Laura Alvim reabre de cara nova Divulgação

“A ideia é trazer para a Laura Alvim o público que não estava vindo mais. O espaço está muito moderno. Simples e chique ao mesmo tempo. Vamos oferecer cafés da manhã na varanda da casa aos fins de semana, das 8h às 13h, também para atrair pais e crianças, que é um público carente de opções. A casa é um espaço que todos podem visitar e que fica aberto de segunda a segunda. Nossa felicidade nesse momento é enorme”, alegra-se Renata Monteiro, diretora da Casa de Cultura Laura Alvim. 

Para começar os trabalhos, os visitantes podem assistir a filmes nas salas de cinema, que voltam a funcionar amanhã, e conhecer a exposição sobre o Piscinão de Ramos, que completa 15 anos. Na mostra, que também abre amanhã, são apresentadas fotos do paulista Júlio Bittencourt, tiradas ao longo de três anos, retratando o cotidiano do local.

“É um trabalho bom para exibir o Rio de Janeiro como uma capital democrática, plural. O piscinão traz essa questão”, diz Iatã Cannabrava, curador do Núcleo de Narrativas Visuais da Casa Laura Alvim, que vai oferecer cursos, conferências, produzir fotos e impressão de livros de fotos. 

Mostra sobre o Piscinão de Ramos é uma das atraçõesDivulgação

Na semana que vem, o centro cultural recebe o Festlip, Festival de Teatro da Língua Portuguesa. O roteiro começa na sexta, dia 23, às 20h, com a leitura dramatizada de ‘O Terceiro Vestido de Noiva’ no palco. No sábado, dia 24, às 16h, tem o Festlipinho, que leva às crianças a oficina de dança ministrada pelo grupo Raiz di Polon. Em paralelo, tem bate-papo com Ismael Lito, criador artístico da exposição ‘Toda Nudez Será Castigada’. Na segunda, dia 26, às 20h, é a vez da mesa de debates ‘Bonitinhos, Mas Ordinários’. “A Laura Alvim deve ter todos os segmentos necessários. Ela precisa respirar cultura o tempo inteiro”, afirma Renata. 

Com reportagem do estagiário Guilherme Guagliardi

Últimas de Diversão