Brincadeiras e shows fizeram a alegria da garotada no evento ‘O Mundo Pira’

Comemoração antecipada do Dia das Crianças levou seis mil pessoas ao Parque Madureira

Por O Dia

Rio - Escorrega, pula-pula, pipoca, shows musicais, artistas, aquele cenário dos sonhos de muitas crianças. Foi assim o clima de ‘O Mundo Pira’, evento realizado pelos jornais O DIA e Meia Hora com patrocínio da Piraquê, no último fim de semana na Praça do Samba do Parque Madureira, para comemorar o dia dos pequenos e apresentar os novos mascotes — o boneco Pira e a capivara Capi — da fabricante de alimentos. O espaço foi preenchido com 14 brinquedos infláveis, palco com atrações, cartunista, pintura corporal e pontos para distribuição de algodão doce, pipoca e todos os biscoitos da marca, para toda a criançada.

Evento atraiu mais seis mil pessoas para o Parque MadureiraDivulgação

O evento recebeu seis mil pessoas em dois dias de atividades, das 14h às 18h. Crianças de todas as idades, acompanhadas pelos pais, avós ou outros parentes, corriam de um lado para o outro indecisos sobre qual brinquedo se divertir primeiro. Muitas já estavam descalças e com as roupas ligeiramente sujas. Era um dia que não tinha que acabar no pensamento da pequena Stephanye Vitória, 7 anos, que com uma borboleta pintada na cara nem se incomodou com a fila para a escalada. “Estou me divertindo muito, vou ficar até meia-noite”, disse, arrancando o sorriso da mãe, a copeira Cláudia Victor, 45 anos, moradora de Jardim América.

Paixão nacional, o futebol de pula-pula foi o brinquedo de Caíque Lima, 9 anos, que já sabe o presente que vai ganhar na data de hoje. “Brinquei ali no elástico, mas eu gosto mesmo é do futebol, e também do skate que a minha mãe vai me dar de presente de Dia das Crianças”. Estava descalço, o que para o menino não era incômodo algum. “Já estou acostumado”, disse, pouco antes de fugir para brincar com a bola.

Alegria em dose dupla para os gêmeos João Felipe e Luis Carlos, 5 anos. A mãe, a professora Flávia Cardoso, 30, diz que os meninos preferem o pula-pula, brinquedo que foram mais de uma vez. Depois, os dois não se intimidaram em ir no colo do artista na perna de pau. “Com esses dois presentes é só alegria”, resume a mãe sorridente o significado do Dia das Crianças.

Tantas horas de diversão pedem uma pausa para repor as energias. Foi o que fizeram os primos Miguel dos Santos e Ryan Souza, ambos de 6 anos. Os moleques devoravam um pacote de biscoito cada um, além do refrigerante, apressados só esperando a hora de voltar para a farra. “Tá muito bom aqui. Eu e meu primo queremos voltar para o escorrega. Só quero ir embora daqui quando acabar”, contou Miguel, sem se importar em parar de mastigar.

Corajosa, a futura youtuber Andressa Alves, 8 anos, colocou capacete e equipamento de segurança para fazer a escalada. Foi atém o fim do paredão sem demonstrar nenhum receio. Depois, revelou seus projetos na rede social: “Vou ganhar de Dia das Crianças uma câmera para fazer meu canal no YouTube. Ele vai ter várias coisas como desafios, atividades e trolagens”, adiantou.

Crianças brincam durante eventoDivulgação

Ainda na festa, uma equipe de agentes cadeirantes da Operação Lei Seca, vítimas de acidentes de trânsito com ocorrência de bebida, distribuiu para crianças e adultos a revistinha ‘Soprinho’, que conta de forma infantil os perigos de misturar álcool e direção. “Estamos aqui conscientizando as pessoas porque mesmo em um evento tão bonito como este, com crianças, vai ter gente que vai beber e sair daqui dirigindo”, alertou um deles. 

Últimas de Diversão