Por bianca.lobianco

Rio - As reprises do Viva, entre outros afins, nos levam a fazer uma viagem das mais interessantes no tempo e no universo das novelas, muitas vezes nos obrigando a verificar que muito daquilo que era apresentado e dito lá atrás com toda naturalidade, hoje já não é mais visto ou repetido, por obediência às restrições naturais, simples pudor ou classificações horárias.

Bom exemplo disso é ‘A Gata Comeu’. Produzida para exibição em 1985, na faixa das 6 da noite, da Globo, observa-se na sua reprise de agora que muito do que foi falado ou mostrado lá não seria permitido nos dias atuais. Onde já se viu deixar alguém como a Christiane Torloni aparecer num minúsculo biquíni daquele jeito ou o Nuno Leal Maia com uma sunga tão reduzida?

Hoje, certamente, com o mundo de agora tomado por tão elevada reserva moral, seria uma novela classificada para as 22h e olhe lá. 

Fica a dúvida: cresceu o puritanismo ou a hipocrisia? 

Outra conversa

O crescimento do noticiário de celebridades ou programas dedicados ao mundo de famosos, aqui destacado, mereceu as mais diferentes considerações. Chama a atenção, no entanto, a dificuldade de algumas pessoas em aceitar a realidade.  

Outro mundo 

O que se verifica, em muitas ocasiões, é a dificuldade de alguns em colocar os pés no chão. Ou querer se mostrar mais cultas ou superiores do que as outras.
Ainda há quem se alardeie em afirmar que só assiste TV paga, tem Netflix, nunca ouviu falar em Chacrinha e não assiste Silvio Santos. Que dó que dá. 

Série na Record 

O ‘Jornal da Record’ vai apresentar uma série de reportagens sobre o problema do analfabetismo no Brasil. Os cinco episódios terão temas como ‘Sobrevivência’, ‘Enfrentamento’, ‘Canxigó’, ‘Talento’ e ‘Analfabetismo Funcional’ num trabalho da repórter Catarina Hong. Estreia segunda.

Unidade móvel  

A Record Rio, na mudança das suas instalações de Benfica para Vargem Grande, vai deixar uma unidade móvel em algum ponto da Zona Norte, com capacidade de agilizar o trabalho do seu departamento de jornalismo. Por causa da distância, é uma providência que se faz necessária. 

Confirmado

‘MultiTom’, do Tom Cavalcante, tem a sua estreia fixada para o dia 21 no Multishow. São 20 episódios, com as suas gravações bem adiantadas, recebendo no decorrer deles vários convidados, como Gusttavo Lima, Chitãozinho e Xororó, Wanessa Camargo e muitos outros. A direção é de Caetano Caruso. 

Cultura 1 

Cultura não pode ficar nessa de continuar responsabilizando a crise pelos sérios problemas da sua área de produção. O jornalismo que lá é praticado, além de bons programas como ‘Metrópolis’, ‘Persona’, ‘Roda Viva’ e outros tantos demonstram a qualidade do seu pessoal. É preciso investir mais neles e entender que o vento que bate cá, também bate lá. 

Cultura 2

Todas as outras TVs, além de tantos zilhões de empresas em nosso país, passam por dificuldades e têm se desdobrado na busca de mecanismos para superar este momento.

Essa é a hora de ser o mais criativo possível, valorizar e estimular seu pessoal.

Você pode gostar