Musas do Carnaval dão dicas de como ficar com corpão para cair na folia em 2017

Ex-panicat Juju Salimeni, musa da Unidos da Tijuca, revela que começou a 'apertar a dieta e a musculação' desde o mês passado

Por O Dia

Bianca Monteiro%2C nova rainha de bateria da PortelaLeo Cordeiro / Divulgação

Rio - Mesmo faltando ainda mais de três meses para o Carnaval, musas que brilham na Sapucaí já estão tomando medidas para garantir seus costumeiros shows à parte na Avenida. É lá que elas fazem o mundo inteiro admirar suas formas esculturais. Mas toda foliã também pode chegar ao final de fevereiro esbanjando saúde e fôlego, independentemente de onde vão estar. Quem garante são as próprias beldades e especialistas em alimentação regrada e preparo físico. Mas tem que começar logo.

A ex-panicat Juju Salimeni, musa da Unidos da Tijuca, revela que começou a “apertar a dieta e a musculação” desde o mês passado. “Quem quiser chegar com os músculos mais bem definidos e fortalecidos na folia tem que começar a se cuidar cedo”, ensina Juju, ressaltando que pratica treinos pesados, ao nível de atleta de competição. “Mas já faço isso o ano inteiro. Só intensifico nos meses que antecedem o Carnaval”, pondera.

Alcione Carvalho%2C musa da EstácioLuiz Eduardo / Divulgação

Seja para carregar pesadas fantasias ou não perder o gingado do samba no pé por causa de cansaço e despreparo, o melhor a fazer é combinar uma dieta saudável com exercícios físicos adequados para cada biotipo.

“É preciso ter muita disciplina e foco na alimentação, respeitando a individualidade bioquímica, e deixando de lado dietas de internet, mirabolantes”, aconselha o nutricionista esportivo Rafael Góes, da Clínica Nutrate, um dos mais requisitados por estrelas do mundo do samba. Uma delas é Bianca Monteiro, a nova Rainha de Bateria da Portela, e o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira do Salgueiro, Sidclei e Marcella Alves. “O controle sobre consumo de carboidratos e o eventual uso de suplementos devem ser acompanhados rigorosamente por profissionais”, aconselha.

Juju Salimeni%2C da Unidos da TijucaNeto Fernandez / Divulgação

Para o personal trainer Fernando Lima, que atende famosas na rede de academias Body Move, antes de se começar qualquer treinamento com foco no Carnaval é primordial uma avaliação médica. “Se estiver apta à prática de exercícios e com bom acompanhamento nutricional. Aí então a interessada começa a receber programas individuais de treinos, obedecendo o limite corporal de cada uma”, afirma.

Letícia Guimarães%2C musa da União da IlhaMarcos Mello / Divulgação

Bianca Monteiro, nova rainha de bateria da Portela

“Sigo dieta de nutricionista, com muita água e frutas, e treino duas horas, em média, com personal diariamente. Faço drenagem linfática, modeladora e corrente russa, para deixar o bumbum empinadinho. E não descuido da musculação e da parte aeróbica, além de ballet e muito treino de samba. Gosto muito do exercício de agachamento, porque dá muito resultado”

Alcione Carvalho, da Estácio

“Para ser porta-bandeira da Estácio não meço esforços. Sou professora de dança e a rotina de exercícios sempre fez parte da minha vida. Mas não gosto da academia. Descobri o crossfit (treinamento de força e condicionamento físico geral, baseado em movimento funcionais) estou feliz”.

Juju Salimeni, da Unidos da Tijuca

Evelyn Bastos%2C rainha da MangueiraRodrigo Gorosito / Divulgação

Na minha dieta só entram batata doce ou arroz integral, carnes vermelhas magras ou frango, ovos e salada. Nada além disso. Aconselho cortar açúcar, diminuir o sal, já que o sódio incha, consumir mais alimentos naturais e evitar frituras e exagero com álcool”.

Letícia Guimarães

Faço musculação há 16 anos e graças à genética, tenho um metabolismo bastante acelerado, o que me ajuda a manter a forma. Mas evito frituras e doces”.

Evelyn Bastos, rainha da Mangueira

Leyla Barros%2C musa da EstácioLuiz Eduardo / Divulgação

“Estou me formando em Educação Física e minha rotina é intensa o ano todo. O Rio, porém, é uma cidade que oferece muitas opções de exercícios por conta da natureza: pode-se correr na praia, caminhar no calçadão, praticar trilha...O importante é mexer o corpo. Água, verduras e frutas não podem faltar”.

Leyla Barros, musa da Estácio

Faço circo e treino cerca de quatro horas diárias pela manhã. À tarde faço musculação e alongamentos. Quando o Carnaval vai se aproximando, cuido mais da alimentação, cortando guloseimas. Água sempre é fundamental para hidratar a pele e liberar toxinas”

O personal trainer Fernando Lima%2C diz que treinamentos devem ter programas individuais%3A "É importante obedecer o limite corporal de cada uma”Divulgação

Colaborou Leo Dias

Últimas de Diversão