Elisa Lucinda comemora 30 anos de carreira atuando em peça

Atriz está em cartaz com o espetáculo em peça 'A Paixão Segundo Adélia Prado'

Por O Dia

Rio - A atriz Elisa Lucinda comemora 30 anos de carreira entregando-se à poesia de Adélia Prado, no espetáculo ‘A Paixão Segundo Adélia Prado’, que estreia hoje, reinaugurando o Teatro Laura Alvim, em Ipanema. Elisa, que trabalha no projeto há seis anos com a diretora Geovana Pires, leva para cena o olhar da poeta mineira sobre o sagrado e o erótico, mas sem colocá-los em lados opostos. “Ela é a maior poeta do Brasil. É filósofa, teóloga, transgressora, erótica, católica. Tem esses lados aparentemente antogônicos, mas é uma crítica. Toda devoção que Adélia dedica à alma, ela dedica à carne”, esclarece.

Elisa Lucinda e André Ramos em ‘A Paixão Segundo Adélia Prado’Divulgação

Através da obra da poeta, a atriz fala do desejo e da disponibilidade amorosa, com liberdade. “Mostramos a sexualidade desta personagem,essa mulher que traz dentro dela o sagrado e o profano. Podemos considerar feminista, embora seja o feminino humanista”, conta Elisa, que estará em cena com o músico André Ramos, sob a direção musical de Carlos Malta.

A protagonista conta que Adélia viu a peça e deu sua benção. “Ela disse que nós a enxergamos”, revela, acrescentando o que determinou a escolha: “Ela traduz muito a minha alma e mexe com meu coração. Tem uma compreensão da religião como arte, do que pode promover alguma ordem, paz para o homem”.

Elisa Lucinda, que também apresenta no Canal Brasil o programa ‘Cidade Partida’, comemora o momento. “Estou feliz de fazer uma temporada popular com um trabalho desses. Apertar o botãozinho da paixão nas pessoas. São 17 livros e, em 5 de dezembro, vamos lançar também no Laura Alvim ‘Vozes Guardadas’, com poesias minhas inéditas. Para uma nascida no dia de Iemanjá (2 de fevereiro), estrear dois trabalhos de frente para o mar, numa casa dessas, é muito especial”, diz. “Nesses anos, ousei e ouso muito. Sou destemida. Gosto de viver. Estou achando animado envelhecer”, conclui.

Serviço

CASA DE CULTURA LAURA ALVIM. Avenida Vieira Souto 176, Ipanema (2332-2015). R$ 20. 1h20m. Qui a sáb, às 21h. Dom, às 20h. 12 anos. Até 12 de fevereiro de 2017. 

Últimas de Diversão