Por bianca.lobianco

Rio - Em cartaz com ‘Divas — O Musical’, no Teatro Riachuelo Rio, no Centro, até 11 de dezembro, Luiza Possi está feliz com a oportunidade de atuar pela primeira vez. “Sou atriz, tenho formação, mas escondi isso”, diverte-se Luiza, que divide o palco com Jeniffer Nascimento, Nikki (ex-‘The Voice’) e grande elenco. 

O espetáculo, que já fez uma bem-sucedida temporada em São Paulo, conta a história de uma girl band de sucesso, a Divas, com integrantes que se separam e depois acabam competindo em um reality show musical. No repertório, sucessos de grandes cantoras como Céline Dion, Madonna, Cher, Whitney Houston, Donna Summer e Beyoncé.

Luiza Possi é estrela do musical 'Divas'Divulgação

“Assisto a realities deste tipo. Aliás, sou obrigada a assistir. Participo deles profissionalmente”, frisa Luiza, referindo-se à sua participação no ‘The Voice Brasil’ como assistente técnica e no ‘Ídolos’, como jurada. “Participaria de um reality. Não para ganhar ou competir, mas pelo fato de aproveitar o mercado. Esses programas são um canal de grande exposição”, avalia.

Para montar o espetáculo, o elenco teve apenas seis semanas de ensaio. “Fizemos milagre. Mas deu certo. No palco, é muita coisa pra pensar ao mesmo tempo: cantar, dançar, atuar, mas estou adorando a experiência”, vibra.

Luiza Possi chega aos 32 anos sentido-se bonita e satisfeita com o que vê no espelho. Na agenda de cuidados diários, não abre mão de manter a sua simplicidade característica. Ela conta que sempre fez tudo a pé no seu bairro, e a possibilidade de não ser assim a assusta. Além disso, é muito disciplinada ao cuidar da alimentação e do corpo.

“Sempre fui esportista. Queria conquistar esse corpo, sabia que tinha potencial para isso. Desejava ter um pouco mais de controle, porque por conta de alergias à lactose e ao glúten, cada dia acordava de um jeito. Às vezes, dormia magra e acordava inchada. Isso mudou”, revela.

A cantora esclarece que não foi só a vaidade que influenciou a mudança na rotina. “Na minha profissão é fundamental ter um corpo ágil, funcional. Melhorou a imunidade, a saúde”, conta ela, acrescentando que, se precisar sair da linha, faz sem moderação: “Quando caio em tentação, é bolo de chocolate com calda, e cheesebacon com maionese. Se é para jacar, vamos jacar, ser feliz”, diz.

Descobrindo sua porção diva com o musical, ela lembra que seus exemplos para ‘divar’ vieram de dentro de casa. Filha de uma diva da MPB, a cantora Zizi Possi, a autêntica Luiza não teme comparações: “Nunca enfrentei dificuldades por ser filha dela. Sou e pronto. E única. Pude conviver em lugares incríveis como filha. Minha maior dificuldade foi a necessidade das pessoas de rotular. Foi difícil eu não ter rótulo. Hoje, tenho um leque maior, transito bem nos estilos e sou respeitada”.

Luiza Possi e o elenco do musical DivasDivulgação

Para encarnar sua personagem, Sofia, no espetáculo, ela tem como referências as cantoras Sia, Whitney Houston e Beyoncé. “Curto muito a Beyoncé. Ela é o maior sinônimo de empoderamento feminino por aí. Me tira da cama pra fazer esteira”, confessa.

A estreia em cena não é só uma experiência para Luiza. É uma carreira a ser construída. “Estou abrindo meu caminho como atriz. Quero fazer filmes e séries. Adoraria fazer uma vilã maravilhosa, maquiavélica”.

Você pode gostar