Lili Rodriguez: Estreando no Réveillon

O ano de 2017 está chegando, e muita gente boa está envolvida para que a passagem de ano seja linda

Por O Dia

Rio - Parafraseando Chico Buarque: “Apesar de você (crise), amanha há de ser outro dia”... O ano de 2017 está chegando, e muita gente boa está envolvida para que a passagem de ano seja linda. Ana Paula Barbosa e Waltinho Guimarães inauguram um Réveillon que promete, na Barra.

Me fale sobre o seu primeiro Réveillon
Waltinho Guimarãese eu, em parceria, estamos preparando a nossa primeira festa a ‘Hello 2017’, no hotel Boutique LSH, ex-Trump, um cinco estrelas na orla da praia da Barra da Tijuca, que promete arrasar.

Como será a festa?
Será no salão de eventos do hotel, que vai ser inaugurado para o Réveillon. Na piscina, vamos ter bailarinas, os DJs Scarlet e Andrew Gracie e a apresentação especial do Divas Live com Diana Mazza, e com os fogos da orla.

E sua equipe? Conte sobre...
Nossa equipe está a mil por hora. Maioria feminina, o que mostrará a força da mulher.

Os convidados devem...
Chegar muito animados e trazendo muita paz , alegria e felicidade para virarmos o ano com pé direito e com Deus! Podem vir à vontade.

Você tem algum ritual, superstição, para a virada?
Uso roupa branca e dourada, e calcinha amarela. Pulo sete ondas, como um cacho de uvas e entrego tudo nas mãos de Deus!

Expectativa para 2017...
Que seja um ano brilhante com muita paz, felicidade e amor! 

Cotidiano...

LILI: O Brasil teve um ano difícil... Como devemos nos preparar para 2017?
LEILOCA: Com foco e fé. A transformação de conceitos é mundial. De 2008 a 2024, Plutão em Capricórnio sinaliza que devemos repartir o que temos. Além disso, Urano e Plutão estão em conflito, o que trouxe a reboque a intolerância, a crueldade e a corrupção vindo à tona. E a falta de espiritualidade, de amor, de perdão, consciência cósmica, fé, paz interior etc. Precisamos meditar, agradecer e ver o lado bacana da vida. Em 2017, ainda estaremos nesse expurgo, mas é nas crises que ficamos mais criativos. Então, bora parar de reclamar e criar alternativas para melhorar!

Rituais para a passagem de ano...
O mais importante é a energia que você emana o ano inteiro. Especialmente na hora real da virada — que é 1h da manhã, por conta do horário de verão — tenha pensamento positivo. Eu sempre agradeço, tomo champanhe, depois como lentilha, uva verde etc... Só usamos 10% do poder da nossa mente. O Réveillon é um momento propício para vibrarmos positivamente pela Terra, humanidade, animais, natureza. Quem sabe aumentamos esses 10% (risos).

Um sonho... 
Que os homofóbicos façam terapia. E, em vez de matar os gays, entendam que, no fundo, eles querem matar o gay que mora dentro deles. Que os racistas entendam que é bacana aceitar e conviver com várias etnias. Que os intolerantes religiosos respeitem os católicos, espíritas, kardecistas, candomblecistas, umbandistas, budistas.

Um beijo
Para os sobreviventes e refugiados. 

Monarca e índio nas telas...

O empresário João Henrique de Orleans e Bragança, trineto de dom Pedro II, vai fazer um documentário sobre sua amizade com o cacique Marcello Kamayura, chefe de uma grande aldeia no Xingu. “Marcello tinha 4 anos e, na época, tirou uma foto no meu colo, com o pai, que era o chefe da tribo. Atualmente com 42, o cacique me reencontrou no Facebook, ano passado. E eu o visitei. Agora vamos trabalhar juntos em um projeto solar e no filme”, contou João Henrique.