Lili Rodriguez: Juntos por cima da crise

Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho contam curiosidades sobre a arte de promover festas

Por O Dia

Rio - Juntos há 13 anos e considerados um dos casais que mais convidam no Rio, Liège Monteiro e Luiz Fernando Coutinho são os responsáveis pelas principais listas VIPs da cidade. Em conversa com a coluna, o casal falou um pouco sobre como separam a vida pessoal da profissional e contam curiosidades sobre a arte de promover festas.

Liège e Luiz Fernando com Tom Cruisearquivo pessoal

LILI: Em março, vocês completam 13 anos juntos. Como vão comemorar a data?

LIÈGE: Estamos trabalhando tanto, que não tivemos tempo de pensar ainda como vamos comemorar a data. Mas certamente vamos festejar em grande estilo!

Difícil falar sobre trabalho dia e noite? Desgasta a relação?
LUIZ: A gente não fala de trabalho dia e noite. Nós temos também momentos de lazer. A relação não desgasta porque a gente ama o nosso trabalho. Nos divertimos trabalhando, por isso a nossa convivência é agradável.

Como é o trabalho de vocês?
LIÈGE: Nós somos conhecidos do grande público como promoters, mas atuamos em várias áreas. Cuidamos de listas VIPs. Produzimos festas, grandes eventos no eixo Rio-São Paulo e até fora do País. Nosso escritório cuida da assessoria de imprensa de pessoas, de empresas. Também somos agentes de artistas.

Um momento marcante na carreira de vocês?
LUIZ: Lembro do show da Amy Winehouse no Rio, em 2011. A cidade inteira nos procurou pedindo convites. Foi o primeiro e último show que ela fez aqui. Quem viu, viu. Logo depois a cantora faleceu.
LIÈGE: Outro trabalho inesquecível foi o show do Stevie Wonder e Gilberto Gil na Praia de Copacabana. Além dos nossos convidados, estima-se que mais de um milhão de pessoas estavam na orla assistindo ao espetáculo. Tudo deu certo. Foi sensacional!

Convidado é inconveniente quando...
LUIZ: Não sabe beber e começa a incomodar os outros convidados.

Melhor convidado é...
LIÈGE: Aquele que tem bom humor.

Para quem gostariam de fazer uma festa?
LIÈGE: Uma pessoa que eu tinha vontade de fazer uma festa era o Will Smith. Eu consegui realizar esse desejo e foi muito divertido, porque ele além de ator, também é cantor. Ele cantou no palco do Rio Scenarium, na Lapa, e até fez performance no pole dance.
LUIZ: Tenho vontade de fazer uma festa para a Gisele Bündchen. Os brasileiros não têm muito contato com ela, pelo fato da Gisele morar fora. Então acho que seria uma maneira dela ter mais contato com a gente da nossa terra.

Quem barram sempre?
LUIZ: Os penetras (risos)! Não foi convidado, não entra.

E essa crise? Tem afetado muito os eventos?
LUIZ: A crise afetou o Brasil. Mas não podemos nos queixar de trabalho. Acabamos de fazer um evento em Miami! Fazemos um evento atrás do outro. Temos clientes fixos e alguns trabalhos já fazem parte do calendário anual.

O que vem por aí no carnaval?
LIÈGE: Para nós, o Carnaval é trabalho, mas também é uma paixão! Trabalhamos na Grande Rio há anos. A escola de samba é emoção e coração. Esse ano o enredo da Grande Rio é a querida Ivete Sangalo. Faremos o Baile do Copa e o Camarote da Quem.

O que vai rolar em 2017?
LIÈGE: Já estamos com vários eventos agendados para março e abril. Mas agora estamos respirando o Carnaval 24h por dia. Não dá pra pensar em outro assunto!

Um sonho?
LUIZ: Eu desejo que o Brasil volte a crescer, a se desenvolver. Amo o meu País.

Últimas de Diversão