Flávio Ricco: Globo altera ordem das novas novelas das sete

‘Pega Ladrão’, de Cláudia Souto, está mantida como próxima atração, no lugar de ‘Rock Story’, mas ‘Anos Incríveis’, de Izabel de Oliveira e Paula Amaral, não será mais a sua substituta

Por O Dia

Rio - A Teledramaturgia da Globo acaba de alterar, mais uma vez, a ordem de entrada de suas novelas apresentadas às 19h. ‘Pega Ladrão’, de Cláudia Souto, está mantida como próxima atração, no lugar de ‘Rock Story’, mas ‘Anos Incríveis’, de Izabel de Oliveira e Paula Amaral, não será mais a sua substituta. Foi transferida para agosto de 2018. No lugar dela, para estreia em janeiro, de acordo com decisão tomada neste começo de semana, optou-se pela escolha de ‘Deus Salve o Rei’, escrita por Daniel Adjafre, com direção de Fabrício Mamberti.

Um roteiro ‘capa e espada’ reunindo todos os requintes e, portanto, ambientado num universo de reis e princesas, com disputa de trono e tudo mais. A sinopse aponta ainda para o mundo de fantasia observado em produções como ‘Game of Thrones’, só que passa longe daquele conteúdo de violência e sexo tão característico da série exibida pela HBO. Afinal, estamos falando de horário das sete.

O trabalho de agora é definir o quanto antes os nomes possíveis para o elenco, porque a ideia é dar início à produção e às gravações ainda neste primeiro semestre. 

PRÓXIMO DELA

Adriana Esteves está reservada para a minissérie de Lícia Manzo, ‘Jogo da Memória’, com gravações logo no início do segundo semestre. Mas que a Globo só levará ao ar no ano que vem. 

BOLA EM JOGO

Os direitos da Champions League — campeonato de futebol entre clubes campeões da Europa —, relativos ao triênio 2019, 2020 e 2021, serão disputados ainda este ano.
Na TV aberta, hoje eles são da Globo, e do Esporte Interativo na TV fechada. 

FAZER CONTA

Não há indicativos de mudanças no sistema aberto. A Globo, como vem fazendo há muito tempo, deve continuar tabelando com a Bandeirantes, também como sempre foi. Mas em 2019, o Esporte Interativo passará a pagar os clubes brasileiros, com os quais ele fechou. 

TRADUZINDO EM NÚMEROS

Há estimativas que serão destinados entre R$ 500 milhões e R$ 600 milhões por ano, para fazer frente ao acertado com os clubes daqui.

A Champions custa algo em torno de U$ 45 milhões por ano.

Juntando os dois, dá uma grandeza. É o caso de saber se, mesmo com a Turner por trás, vai ter bala para tudo isso. 

DE VOLTA

Após visitar os estúdios da Warner, em Los Angeles, acompanhado do Diego Barredo, e assistido a gravações de Ellen De Generes, Fábio Porchat voltou ao Brasil na sexta. O programa dele na Record, diante do que viram lá, irá sofrer modificações.

CASAL

A Globo convidou Aline Fanju para viver a mulher de Lúcio Mauro Filho em ‘Malhação — Viva a Diferença’. Os dois foram escolhidos para viver o casal comédia, Josefina e Roney Romano. Aline esteve na equipe de ‘Totalmente Demais’. 

FORMATADO ASSIM

O ‘Legendários’, do Marcos Mion, às sextas-feiras, na Record, com estreia em 10 de março, terá 2h15 de duração, com três breaks. Vai pegar o horário ocupado pelo Geraldo Luís e o da ‘Super Tela’. 

LINHA DE COERÊNCIA

A mudança do Mion, do sábado para a sexta, foi determinada pela intenção da direção da Record em fixar a “linha de shows” na faixa das 22h30. De segunda a sexta, um programa diferente, deixando o filme para o sábado, depois da Sabrina.

Últimas de Diversão