Por karilayn.areias

Rio - As informações, às vezes, são um pouco enviezadas, mas é necessário destacar o crescimento da produção audiovisual no Brasil, superior a mais de 300%, a partir da criação da lei da TV Paga em 2012. O que se verifica é que ela trouxe muito mais acertos, assim como os poucos erros se justifiquem pelo seu noviciado. Em mercados da Europa, como Espanha e França, por exemplo, ela já existe há mais de 20 anos e na nossa vizinha Argentina, o mercado de televisão, já de muito tempo, passou a ser muito mais ativo fora do que dentro das próprias emissoras. Ainda como grande obstáculo, o que se constata é que a velocidade no campo da realização é muito maior que a da Ancine, na apreciação dos processos. Esta é uma dificuldade ou um gargalo que ainda existe e tem que ser superado, mas do ponto de vista de possibilidade de trabalho, nunca existiu um momento tão interessante.

“Estamos, é verdade, muito longe do ideal e daquilo que podemos atingir, mas o avanço observado em tão pouco tempo é dos mais significativos”, diz Rogério Gallo, executivo de TV. 

GIRO – 1

O ‘Fantástico’ começou a produzir matérias com uma câmera que registra imagens em 360 graus, permitindo que o telespectador tenha acesso à história que está sendo contada por qualquer ângulo. A tecnologia inovadora, especialmente para a televisão, é uma tendência do jornalismo mundial, e uma aposta do programa para este ano.

GIRO — 2

Mari Palma e Renata Ceribelli estarão à frente das reportagens. Enquanto Palma registrará os bastidores de um grande aeroporto, treinamento militar, a prática de esportes radicais e a cozinha de um grande restaurante, Ceribelli, por sua vez, gravará na África do Sul, em Las Vegas e Dubai. Na TV, de acordo com a proposta, Tadeu Schmidt e Poliana Abritta irão explorar os diversos ângulos da câmera no telão, levando o público a navegar pela matéria.

ANO QUE VEM

Cininha de Paula revela que ‘Brasil a Bordo’, nova série do Miguel Falabella, está toda gravada, apenas com alguns dos seus 12 episódios em edição e finalização.

Será exibida ainda este ano no Globo Play, mas só em 2018 na Globo aberta.

TORCIDA

Em todo esse episódio da Simba com as operadoras de TV por assinatura, certamente a Band, do lado dela, montou sua torcida organizada contra o acordo.

A partir do momento que o sinal de SBT, Record e RedeTV! foi cortado da TV paga, a sua audiência observou crescimento de aproximadamente 30%. Em alguns casos até mais.

INTERESSANTE

Os resultados alcançados pelo ‘Jornal da Band’ expressam o bom momento da Bandeirantes nesses últimos dias. Nesta segunda-feira, como exemplo, foi terceiro lugar no horário, à frente do SBT, com 6,8 de média e picos de 7,8. Dados do Ibope na Grande São Paulo.

CINCO DÉCADAS

Autorizado pelo SBT, Raul Gil participa do ‘Programa Amaury Junior’ nesta quarta-feira. Na conversa, ele dá detalhes da sua vida, faz imitações e conta um pouco dos bastidores das cinco décadas de trabalho na televisão.

Você pode gostar