Flávio Ricco: operadoras devem mais respeito ao assinante

Do jeito que está, mais do que a sensação, existe a certeza de que os direitos não foram considerados em tempo nenhum

Por O Dia

Rio - De, de um lado, ninguém sabe onde vai dar o movimento de SBT, Record e RedeTV! contra as operadoras, passa também a ser necessário verificar a parte que toca o outro lado da questão. Considerando a Net como exemplo, no lugar das programações daquelas três redes, representadas pela Simba, os seus assinantes têm Globo, Band e Cultura, como sempre tiveram, mas foram contemplados, por exemplo, com a Rede Gospel, agora em um ponto do sintonizador dos mais privilegiados. Com todo respeito e sem entrar no mérito religioso da questão, trata-se de algo até desrespeitoso com os seus assinantes. Entre outros motivos, por se tratar de uma emissora sem um mínimo de qualidade técnica para entrar na casa de ninguém. VHS perde.

Ainda que essa contenda continue por mais tempo e não exista, por enquanto, qualquer perspectiva do que virá pela frente, passa a ser uma obrigação das operadoras organizar melhor o seu line-up. Do jeito que está, mais do que a sensação, existe a certeza de que os direitos e o respeito ao assinante não foram considerados em tempo nenhum. 

A jornalista e apresentadora Ana Paula Araújo gravou na quarta-feira como uma das convidadas da próxima temporada do ‘Desengaveta’%2C programa da Fernanda Paes Leme. Estreia, no GNT, em agostoDivulgação

CIUMEIRA — 1

A recém-criada Casa dos Roteiristas, para área de séries, disparou uma tremenda ciumeira na Globo, não apenas pelo fato de gente mais experiente achar que vai perder espaço ou ficar sujeita a avaliações de profissionais com bagagem inferior. É que outros se sentiram no direito de contar com uma estrutura nos mesmos moldes.

CIUMEIRA — 2

Por exemplo, artistas da casa se perguntam por que não se pensou ainda na criação de uma Casa do Ator? Um espaço permanente para workshops, com aprimoramento e discussões sobre a carreira. Agora, se a moda pega, vão querer também a Casa do Apresentador, do Diretor, do Produtor, da Cenografia...

PAPO DE MÃE

A TV Cultura estreia segunda-feira, às 8h, em versão diária, o ‘Momento Papo de Mãe’, apresentado por Mariana Kotscho e Roberta Manreza.

O programa vai levar ao ar dicas para grávidas, mães, pais e responsáveis por crianças na primeira infância. Serão 170 episódios, com 15 minutos de duração cada. O primeiro conta com a participação da cantora Mariana Belém.

DISTRIBUINDO O JOGO

Vale destacar o trabalho do Roger Flores no já não tão novo assim ‘Troca de Passes’, do SporTV. Dos gramados e breve passagem pelos comentários, tem se conduzido muito bem na função de apresentador. Está à vontade e desinibido.

TEATRO

O Teatro Porto Seguro, em São Paulo, recebe a partir do dia 12, o espetáculo ‘Não Vamos Pagar!’. No elenco, Marcelo Airoldi, Virginia Cavendish, Aramis Trindade, André Dale. Direção de Inez Viana.

FILME DA KÉFERA

Com mais de 10 milhões de inscritos em seu canal da internet, Kéfera Buchmann também chegou chegando na TV convencional. A estreia do filme ‘É Fada!’, protagonizado por ela, deixou o Telecine Premium em primeiro lugar na audiência entre as emissoras de filmes e em 2º no ranking geral da TV paga, faixa das 22h, dia 22 de abril.

Baterebate

Mesmo de bem com a vida, Rachel Sheherazade não perde a mania de ficar batendo boca nas redes sociais.

Está tudo tranquilo com Roberto Cabrini no SBT. Isto, de acordo com ele e com a própria emissora...

... Não existe problema algum com seu contrato, mesmo porque a renovação é automática.

Por enquanto, só as novelas das 21h sempre irão começar nas segundas-feiras e terminar nas sextas, com reprise nos sábados...

... Quanto às faixas das 6 e 7 da noite, nunca haverá este compromisso. Elas poderão iniciar ou terminar em qualquer dia da semana.

‘Tempo de Amar’, do Alcides Nogueira, próxima das 18h na Globo, ainda está com o seu elenco aberto. Estão sendo realizados testes para alguns personagens.

C'est fini

A direção da RedeTV! trabalha com duas alternativas para se lançar na produção de séries, bandeira do vice Marcelo de Carvalho. Uma, é fazer tudo dentro de casa, usando estúdios, cenografia e pessoal próprio. A outra, se houver necessidade, recorrer aos serviços do mercado.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Últimas de Diversão