Por gabriela.mattos

Rio - Finalmente, Rubinho (Emilio Dantas) contará para Bibi (Juliana Paes) que ele é um traficante de drogas. “Eu estava vendendo droga”, confessará ele no capítulo do dia 17 de junho. E, para livrar o marido da cadeia, Bibi começará a dar os seus primeiros passos no mundo do crime em ‘A Força do Querer’, da Globo.

“Ele entrou (no mundo do crime) para poder dar uma vida bem melhor ao filho e à mulher. Tem um pouco de deslumbre, claro. Dinheiro fácil deslumbra mesmo”, explica Emilio Dantas.

Fim da mordomia

A boa vida do malandro, que trabalha de maître e faz um “extra” como “corretor de imóveis”, está com os dias contados. Depois de passar um fim de semana acompanhado da mulher em um luxuoso resort em Angra dos Reis, comprar uma casa no bairro da Usina, na Zona Norte do Rio, um carro novo e ainda levar Wesley Safadão para cantar no aniversário da companheira, Rubinho passará seus dias atrás das grades no complexo penitenciário de Bangu. 

Rubinho confessa a Bibi que vende drogasDivulgação

Pego em grampo

A partir de quarta-feira, Jeiza (Paolla Oliveira) reconhece a voz de Rubinho em um grampo feito no celular de um traficante, Capivara (ator ainda não escalado). Ela investiga e fica sabendo que a Polícia Civil descobriu o nome do titular da outra linha, que falava com o bandido: é o próprio Rubinho. A policial obtém um mandado de prisão, mas o maître consegue escapar do cerco durante a festa de Bibi.

'Está preso!'

No dia 5 de junho, Rubinho brinca com o filho, Dedé (João Bravo), e a mulher, quando tocam a campainha de casa. Ele abre a porta e um policial pergunta: “Rubens?” Rubinho confirma. E o agente diz: “Polícia! O senhor está preso!” O agente coloca as algemas nele e o leva. Bibi entra em desespero, e Dedé chora.

'Foi engano!'

Na delegacia, Rubinho fala que deve ter sido um mal entendido. O delegado pergunta como o moço explica o fato de ter sido flagrado em conversa com um traficante. Rubinho diz que o celular dele não tem nada. O investigador mostra o número em um papel, e a linha está no nome de Rubinho. O dissimulado pensa rápido, diz que foi assaltado, que levaram o aparelho e que não ligou para cancelar o chip.

Emílio Dantas interpreta Rubinho em 'A Força do Querer'Divulgação

O delegado não acredita na história dele. Desesperada, Bibi pede ajuda a Junqueira (João Camargo), marido de Heleninha (Totia Meireles), para tirar Rubinho da cadeia. O advogado até começa a defender o maître, mas desiste do caso depois do pedido de Heleninha. É porque ela se lembrará de que o filho, Yuri (Drico Alves), tirou uma foto de Rubinho ao lado de um bandido. Sem pensar duas vezes, Heleninha envia a imagem para o Disque Denúncia, e Rubinho tem o habeas corpus negado.

Papo com traficante

Com o marido sofrendo ameaças no presídio de Bangu, Bibi subirá o morro para falar com o chefe do tráfico. Ela jura que o marido é trabalhador e que não pertence a nenhuma facção. O bandido acredita e diz que mandará seus comparsas levarem Rubinho para a ala deles no presídio. Bibi ainda pede que o ex, Caio (Rodrigo Lombardi), defenda Rubinho.

Senha da discórdia

Um dia, vendo o computador do marido, Bibi acha um aplicativo de namoro protegido por senha. Sem acertar nenhuma combinação, ela desabafa com a mãe. “Única coisa que eu não perdoo num homem: traição! Não nasci foi pra ser corna!”, esbraveja.

A verdade

Na sala do presídio, Bibi mostra para Rubinho a foto do site de namoro. “Eu quero a senha! Ou nunca mais você vai me ver nem ouvir falar de mim!”, ameaça. Rubinho tenta se justificar: “Eu posso ter errado muito na minha vida, mas não errei com você”.

Sem saída, ele escreve a senha em um papel, entrega para a mulher e fala: “Você não vai ver o que tá pensando”. Bibi debocha. É quando Rubinho abre o jogo: “Bibi... não é mulher nenhuma... É droga! Eu estava vendendo droga!”

Após confessar que vende drogas pela internet, Rubinho será recriminado pela mulher. Mas ela amolecerá quando o marido disser que fazia isso para ver o mundo aos pés dela. O mentiroso diz que, se a polícia não chegar no computador do escritório do restaurante, ele tem chance de sair da prisão.

Bandida

Disposta a tirar o marido do presídio, Bibi resolve dar um jeito de destruir o tal computador. Ela diz a Dantas (Edson Celulari), sócio do restaurante, que a máquina tem nudes e que as imagens precisam ser deletadas. Ele fala que não dá, pois a polícia levará o aparelho na manhã seguinte.

Bibi para em um posto e compra gasolina em um galão. Vai até o escritório do restaurante, aproveita o descuido do segurança, derrama o líquido, põe fogo e foge. Pela manhã, a perícia avisa a Dantas que um galão foi encontrado perto da cena do crime e que, pelo tamanho das digitais, o criminoso é uma mulher.

Você pode gostar