Manipulado por Domitila, Dom Pedro dará soco em Joaquim em 'Novo Mundo'

Em ‘Novo Mundo’, o príncipe dá um soco no rapaz, que tenta alertá-lo sobre Domitila

Por O Dia

Rio - Em ‘Novo Mundo’, da Globo, Dom Pedro (Caio Castro) é um verdadeiro fantoche nas mãos de Domitila (Agatha Moreira). Tanto que o monarca dará um soco no amigo, Joaquim (Chay Suede), e demitirá o rapaz quando ele tentar alertar o nobre sobre o quão manipuladora é a mulher. E, pior, ainda se rastejará aos pés de Domitila implorando amor.

A partir de quarta-feira, na novela de Thereza Falcão e Alessandro Marson, Joaquim conta tudo o que sabe. “Ela era amante do Chalaça (Romulo Estrela). Thomas (Gabriel Braga Nunes) descobriu e ofereceu um prêmio muito maior: o senhor. Em troca, ela ajudou a incriminar o Chalaça. O senhor não só rompeu com seu grande amigo como também inocentou Thomas, que é o verdadeiro traidor”, diz.

Príncipe dará um soco no rapazDivulgação

Pedro fala que está apaixonado por Domitila e pede para que Joaquim retire o que disse. “Essa paixão não é verdadeira. Não da parte dela. Essa mulher não vale nada, príncipe”, afirma Joaquim, antes de levar um soco. “Quem você pensa que é? Entra na minha casa, se faz de meu amigo, para atacar a mulher que amo? Você não conhece Domitila! Não sabe nada, nada! Não admito que fale mal dela!”, grita Dom Pedro, que avisa que o guarda está demitido. “Não volte nunca mais!”, grita o nobre.

A demissão de Joaquim faz com que Thomas fique em alerta. Ele aconselha Domitila a fugir, mas ela não lhe dá ouvidos. Contudo, Dom Pedro fica cismado com o que Joaquim lhe falou e vai revirar as coisas de Domitila, mas é flagrado pela moça.

Arrependido, o monarca se joga aos pés da amada, e ela o compara ao ex-marido, Felício (Bruce Gomlevsky). “Você está fazendo igual ao meu marido, que me batia e depois pedia perdão! Aquele louco do Felício! Não, eu não vou suportar isso novamente! Não vou!”, frisa ela, se fazendo de vítima. Ele: “Não me compare ao teu marido, eu te amo! Não quis magoar você, eu juro!” Ela insiste que não tem fundamento qualquer suspeita ou ciúme da parte dele. Pedro admite a desconfiança. “Fizeram intrigas contra você. O veneno veio de um assessor que eu demiti! Um homem desesperado porque perdeu o emprego. Acho que quis se vingar, me fazendo sofrer”. Domitila questiona a confiança dele e é quando Pedro implora. “Meu amor, sou de carne e osso e muitas imperfeições. Tenho muitos inimigos e a intriga é uma arma poderosa. Eles querem nos separar, não vê? Nunca mais desconfiarei de você, eu juro!”, promete.

Mais tarde, Domitila aproveita e vai à cerimônia do beija-mão, deixando Dom Pedro incomodado, já que a mulher, Leopoldina, está por perto. Como símbolo do afeto que tem pela amante, o nobre a presenteia com um anel. Domitila percebe que pode conseguir lucrar ainda mais com a relação e investe pesado em carícias para conquistar ainda mais D. Pedro. Em uma noite, o monarca arruma uma desculpa para Leopoldina só para se encontrar com a amante. A imperatriz, que não é boba, fica desolada, pois já sabe que o marido tem uma favorita e não é ela. 

Últimas de Diversão