Lili Rodriguez: Agito da moda

Pedro Igor Alcântara, um dos sócios da agência Arara, fez uma festa para a marca Calvin Klein

Por O Dia

Rio - O empresário Pedro Igor Alcântara, um dos sócios da agência Arara, fez uma festa para a marca Calvin Klein. A atriz Aline Moraes dançou muito. Que pique! Raf Simons, da CK, ganhou prêmio do Conselho Fashion de Estilistas da América de melhor estilista! 

Fernanda Chies comemorou a mudança da marca carioca de volta ao Fórum de Ipanema. O chemise, criação dela, tem pegada de hit fashion da estação! O camarim de make da Phebo bombou. A vitrine viva para o Dia dos Namorados deu um toque a mais com mulheres e homens lindos. DJ Gabriel Cesar, as massas Pissani e o fashion Cake da Lourdes Vidal arrasaram! Sucesso!

Aline Moraes e Pedro Igor AlcântaraBruno Ryfer

CONECTANDO

Rio H2K – Festival Internacional de Danças Urbanas — ocupa diversos espaços da Cidade das Artes e os teatros Carlos Gomes e Cesgranrio. Traz coreógrafos e companhias brasileiras e estrangeiras. Na programação, festas, espetáculos, workshops, batalhas de danças e bate-papos.rioh2k.com.br

Tem arraiá no Marina Barra Clube. A festa vai ter corrida de saco e de ovo na colher, touro mecânico e Trio Forró Legal. Dia 24 de junho, às 16h. Olha a cobra!

Cris Silva, hairstylist, trouxe para cabelos ondulados o Tee Wave Modelador, que cria ondas naturais e duradouras. No Sebastian Guedes, Shopping da Gávea.

O PAPO ROLA HOJE!!!

O autor Walter Daguerre e o diretor Ivan Sugahara conversam com o público após a apresentação da peça ‘Branca’. É a história de uma mulher que volta de um coma, após 20 anos. Com José Karini, Julia Stockler, Karen Coelho e Ludmila Wischanky. Em cartaz de sexta a segunda-feira, às 20h,na Sede das Cias, na Lapa!

RICKSON MORAES, ORTOPEDISTA

O entrevistado de hoje conseguiu unir duas paixões em apenas uma profissão: esporte e medicina. A coluna conversa com o Dr. Rickson Moraes, de uma família de feras nas artes marciais, se dedica a cuidar da saúde de craques do UFC.

Fale sobre o trabalho?
Venho de uma família entusiasta das artes marciais. Além de meu pai, José Moraes, faixa vermelha e branca de jiu-jitsu, somos seis faixas-pretas na família. Tive o prazer de competir pelo esporte até o fim da década de 90, quando a vocação pela medicina falou mais alto e acabei me retirando das competições. Durante a graduação na UFRJ, surgiu o desejo de conciliar minhas duas paixões (o esporte e a medicina), optei pela carreira ortopédica. Comecei a tratar das lesões traumato-ortopédicas de diversos atletas de alto rendimento, com destaque especial para ex-adversários e colegas de treinos da época em que competia no jiu-jitsu. Muitos migraram para as marciais mistas, em especial para o UFC.

Os procedimentos mais modernos?
Nos últimos anos houve um desenvolvimento grande das cirurgias minimamente invasivas para a articulação do ombro, com destaque especial para as cirurgias realizadas através de videoartroscopia, o que vem popularizando muito este método.

Qual o futuro da medicina na área?
A ortopedia vem passando por uma revolução no que concerne ao uso de novas tecnologias. Cirurgias navegadas, com auxílio de robôs, com moldes de fraturas realizadas em 3D, uso de hologramas durante as cirurgias. Tudo isso já está começando a ser utilizado e, com certeza, vai se difundir ainda mais em um futuro próximo.

Que conselhos daria para as pessoas que querem ser saudáveis?
O binômio prática de atividades físicas moderadas mais alimentação equilibrada e sem exageros continua sendo a chave para uma vida saudável. 

Últimas de Diversão