Peça ‘Agosto’ mostra a conturbada relação entre uma mãe e suas filhas

Montagem está em cartaz no teatro Oi Futuro, no Flamengo

Por O Dia

Rio - Até 17 de setembro, o teatro do Oi Futuro, no Flamengo, vai ser palco de intensos conflitos familiares. Em ‘Agosto’, premiado texto de Tracy Letts, vemos os desdobramentos do desaparecimento de um pai, em uma família já disfuncional. É a primeira vez que o espetáculo é montado no Brasil, com um elenco de 11 atores, protagonizado por Guida Vianna e Letícia Isnard, e direção de André Paes Leme.

Mãe e filhas na peça%3A Claudia%2C Letícia%2C Guida (centro) e Marianna Divulgação

Em 2013, esse texto foi adaptado para o cinema em ‘Álbum de Família’, filme protagonizado por Meryl Streep e Julia Roberts nos mesmo papéis de Guida e Letícia: Violet e Barbara.

Guida, que completa 40 anos de carreira, faz a matriarca, Violet, que trata de um câncer e vive uma situação emocional conturbada ao lado das filhas, Barbara (Letícia Isnard), Karen (Claudia Ventura) e Ivy (Marianna Mac Niven). Mãe e filhas fazem um acerto de contas em cena. “Violet vive literalmente uma situação limite. Além de fazer um tratamento de câncer e sentir a proximidade da morte, vê sua família se desmantelando: o marido sumiu, e vão fazer um funeral. As filhas só esperam isso para partir, e ela deve permanecer sozinha aos cuidados de uma empregada que ela não conhece”, revela Guida, acrescentando que não se influenciou pelo filme na criação da densa personagem. “Na verdade, achei chato. O texto teatral é melhor que o filme”.

Leticia Isnard, que também está no ar em ‘Sob Pressão’ e no elenco da série ‘Filhos da Pátria’, que estreia 19 de setembro, ambas produções da Globo, vive Barbara, que protagoniza com a mãe as cenas mais intensas. “É uma mulher de personalidade forte, que está num momento de total desestabilização: seu casamento de 23 anos está ruindo, vive em crescente conflito com a filha adolescente”, conta. “Barbara e a mãe são semelhantes, e ela luta para não ter o mesmo destino da mãe: a solidão, consequente de uma personalidade forte e agressiva”, explica Letícia. “Mas tem muito humor nessa família, um humor inteligente, sarcástico”, garante.

Também repetindo uma relação conturbada entre mãe e filha, temos Lorena Comparato e sua Jean. “Ela é filha da Barbara e tem 14 anos. É bem precoce”, entrega.

“Vivi a separação dos meus pais quase na mesma idade que Jean. São memórias vivas dentro de mim e dolorosas, que nem sempre queremos reviver. Mas a arte é isso, revisitamos alguns fantasmas nossos muitas vezes. Sou a favor de fazê-lo de forma saudável”.

Últimas de Diversão