Funarte lança projeto de dança clássica com entrada franca

Ciclo ocupa o palco do Teatro Cacilda Becker e tem curadoria de Ana Botafogo

Por O Dia

Rio - A hora do almoço vai ganhar uma novidade no cardápio - mas não é para comer. A Fundação Nacional de Artes (Funarte), através do seu Centro de Artes, lança hoje ao meio-dia e meia o projeto 'Dança Clássica’ no Teatro Cacilda Becker. Com curadoria de Ana Botafogo e Cecília Kerche, a programação gratuita apresenta balés clássicos.

O teatro fica na Rua do Catete 338, no Catete, e tem suas atividades dedicadas a espetáculos de dança. “Esse projeto nasceu com a ideia de democratizar o acesso das pessoas ao mundo do balé. Além da apresentação gratuita, as curadoras estarão sempre presentes nas apresentações explicando os espetáculos”, conta Ginaldo Souza, responsável pelo projeto.

Os trabalhos são interpretados por bailarinos do Theatro Municipal, assinados por coreógrafos do Corpo de Baile do TMRJ, e a curadoria é de Ana Botafogo e Cecília Kerche, ambas diretoras do Corpo de Baile do tradicional teatro do Rio. Durante as apresentações, elas farão comentários sobre os espetáculos.

O projeto tem entrada gratuita, mas é preciso chegar uma hora antes para retirar as senhas. As sessões no “espaço da dança’, como é conhecido o teatro, duram até 50 minutos. “São obras simples, com seis cenas. Cada obra fica cerca de um mês na casa”, revela Ginaldo.

No programa de estreia, hoje, os destaques são trechos das obras ‘Novos Ventos’ (Eric Satie), ‘O Corsário’ (Adolphe Adam), ‘Sheherazade’ (Nicolai Rimsky-Korsakov), ‘Czardas’ (P. I. Tchaikovsky) e ‘Grand Finale’ (Cesare Pugni). O mesmo roteiro será apresentado nas próximas quartas, quintas e sextas-feiras de agosto.

“As pessoas imaginam que não existe muita procura por uma programação de espetáculos de música clássica. Mas há muita demanda, sim. É importante divulgar esse tipo de evento, porque é uma forma de popularizar, tirar isso das elites”, diz Ginaldo.

Reportagem da estagiária Bruna Motta

Últimas de Diversão