Flávio Ricco: terça é o prazo limite para o leilão da CBF

Diferentemente de outras épocas, a situação econômica atual, antes de se aventurar a este ou qualquer outro compromisso, recomenda a todos de maior juízo tomar a temperatura do mercado

Por O Dia

Rio - Termina no dia 19, terça-feira da semana que vem, o prazo estabelecido pela agência suíça Synergy Football para que as emissoras interessadas apresentem as suas propostas de compra dos direitos de transmissão dos jogos da seleção brasileira - amistosos e eliminatórias até a Copa de 2022. É todo um conjunto de situações que chama a atenção, a começar pelo cuidado observado pelas emissoras, a maioria delas preferindo esperar até os 45 do segundo tempo para entregar o seu envelope.

Diferentemente de outras épocas, a situação econômica atual, antes de se aventurar a este ou qualquer outro compromisso, recomenda a todos de maior juízo tomar a temperatura do mercado. A grande fase da seleção e as boas perspectivas para o mundial do ano que vem na Rússia jogam a favor, no entanto, a retração comercial em curso está levando todas elas a pensarem mais de duas vezes. Aliás, a própria CBF, mais do que ninguém, deve ser a primeira a saber que o mundo mudou. 

Mudança na grade 

A partir do próximo domingo estreia na RedeTV! a nova temporada do programa 'Dr. Hollywood', com Daniela Albuquerque e Dr. Rey. Detalhe: ensanduichado. Vai ao ar entre o 'Encrenca' e o 'João Kleber Show', das 22h30 às 23h15. 

Disputa religiosa 

Há poucos dias uma delegação da igreja Mundial, do Valdemiro Santiago, seguiu viagem para a África do Sul. Na classe executiva do voo, apenas uma filha do dono. Mundial e Universal travam uma guerra por seguidores por lá.

Primeira bateria 

A autora Patrícia Moretzsohn já entregou os cinco primeiros capítulos da próxima 'Malhação', 'Vidas Brasileiras', para o comando de Teledramaturgia da Globo. O trabalho agora receberá uma avaliação mais detalhada, tanto em relação ao que pretende ser contado como história e os perfis de personagens. 

Nada que impeça 

A Globo, quanto ao Evaristo Costa, tem todas as portas abertas para ele. A sua saída se deu ao fim de um contrato, sem quebrar compromisso e avisada a tempo de a emissora tomar as providências necessárias. Se esta volta será no entretenimento ou no próprio jornalismo, é uma outra história para uma próxima vez. 

Paraquedas 

Sobre a volta de 'A Fazenda' à Record na última terça-feira, é inegável o acerto na escolha do elenco. Mas, o que houve com o Roberto Justus? Foi como se estivesse entrado em campo no apito inicial e só então avisado da estreia do programa.

Esquecer 

Problemas técnicos são até aceitáveis, até a página três, por se tratar de uma nova locação, mas o Justus tinha a obrigação de se preparar melhor. Já em relação à audiência, foi o pior começo de todas as 'Fazendas': 10,4 pontos, na Grande São Paulo.

Vizinho ao lado 

Ao definir a estreia da nova 'Fazenda' para a noite desta terça-feira, com toda certeza a direção da Record não se preocupou com a concorrência.

Globo com 'Sob Pressão' e 'Os Dias Eram Assim' no fim, e a Band sempre voando com o 'MasterChef', além da regularidade do Ratinho, foi uma dividida inglória.

 

Últimas de Diversão