Flávio Ricco: jornalismo - profissão em que não se morre de tédio

Prêmio Comunique-se é sempre importante para o calendário, por ser rara a oportunidade, talvez única, de se reunir num só lugar tão ilustres representantes da imprensa brasileira

Por O Dia

Rio - Terça-feira, no Tom Brasil, em São Paulo, foi realizada a festa do Comunique-se, que anualmente premia os melhores do jornalismo.

Um evento que é sempre importante para o calendário, por ser rara a oportunidade, talvez única, de se reunir num só lugar tão ilustres representantes da imprensa brasileira.

Até como rotina, nesses últimos anos, Ricardo Boechat saiu de lá carregado de tantos e tão merecidos troféus, por sempre se sair vencedor em várias categorias.

Mas prêmio mesmo foi ouvir sua declaração, ainda nos bastidores da cerimônia, dizendo que "o jornalismo é uma profissão fascinante. Ela é arrebatadora, envolvente e apaixonante, mas que exige de quem resolve trilhar este caminho, a percepção que é construída com o tempo. Muito tempo. Não é uma profissão em que você consegue consolidar posições, biografias, em pouco tempo".

E fechou, fechando: "morre-se de muitas coisas no jornalismo, mas não de tédio. É uma profissão que é um grande presente para quem quer viver". Nada a acrescentar.

Reunião 

Carlos Henrique Schroder e Mônica Albuquerque receberam no Rio, neste começo de semana, todos os apresentadores do entretenimento e diretores dos vários programas para, entre outras coisas, ratificar que, em vez de a TV Globo de muitos anos, agora o que vale é Estúdios Globo. A televisão, como exibidora, é só uma entre as várias plataformas.

Ainda lá

No mesmo encontro, sem pompas ou circunstâncias, foram ressaltados os bons resultados que a Globo, como um todo, alcançou neste primeiro semestre. Muito, na maior parte, pelo bom trabalho apresentado, mas também pelos inestimáveis serviços prestados pelas concorrentes.

Por que isso?

No "povo fala", recurso comum em tantas matérias, salvo raras e tão honrosas exceções, não existe o trabalho de identificar ninguém. No mínimo, para ser educado, um descuido grave. Todos que são chamados a participar têm nome, sobrenome e uma ocupação ou não e são sempre obrigados a autorizar o uso da imagem. Custa colocar no GC?

Gravado

A participação do Danilo Gentili no programa do Porchat foi gravada na terça-feira, inclusive com disparos de canequinhas de cada um na base do ar comprimido. Ficou bem interessante. Mas só será levada ao ar no dia 10.

Bacana isso

O 'Domingão do Faustão', neste domingo, usando o seu telão, vai chamar atenção para o 'Outubro Rosa', mês que reforça a luta contra o câncer de mama. Além de informações importantes, ainda será exibido um vídeo da Sabrina Parlatore, diagnosticada com a doença em 2015.

Volta a fita

Tudo errado o que saiu aqui sobre o Silvio Santos, depois de muitos anos resolver se valer do ponto eletrônico. Nada disso. O que ele passou a usar, já não de agora, é um aparelho que serve como retorno e permite ouvir melhor a própria voz. Portanto, volta tudo: só Fausto e Silvio continuam não se valendo desses serviços.

 

Últimas de Diversão