Flávio Ricco: quem sai e quem fica no 'Domingo Espetacular'?

Já de muito tempo existe o convencimento de que não é mais possível deixar como está

Por O Dia

Rio - A direção da Record sabe muito bem que, dia mais, dia menos, será obrigada a meter o dedo na ferida e promover, ainda que tardiamente e muito depois de ter deixado o caldo entornar, as mudanças que são necessárias e reclamadas na apresentação do 'Domingo Espetacular'. Já de muito tempo existe o convencimento de que não é mais possível deixar como está. O clima entre os seus apresentadores, mesmo após o mais recente apaziguamento, apenas atendeu ao protocolo. E em nada serviu para diminuir ou contornar tão conhecidos conflitos.

Ao contrário, hoje, em relação ao clima de beligerância que há tempos se arrasta, existe o convencimento de que não é mais possível conciliar e nem mesmo fazer de conta que não existe. Só que erra, e erra feio, quem aposta na saída de Paulo Henrique Amorim, apontado pela maioria como principal causador de todos os problemas. Nada é tão simples assim. São muitos e bem delicados os interesses em jogo. 

Entrou na onda

Desde muito se reclama por algumas necessárias mudanças no 'Fantástico'. Um programa que já existe há tanto tempo deve ter a preocupação de se renovar a todo o momento. Só que nunca através de uma série de culinária, 'Fórmula do Sabor', há algumas semanas no ar. Não é bem por aí.

Linha direta 

Os brasileiros contratados para trabalhar no 'Exathlon', na República Dominicana, informam que estão no limite das suas forças, diante das condições de trabalho e imposições da empresa turca. Nada do que foi combinado aqui, antes da viagem, está sendo cumprido lá. Nem mesmo a certeza de que irão receber. 

E tem mais

A jornada de gravações do 'Exathlon', sem folga semanal, nunca é inferior a 16 horas/dia, fora os maus tratos e até casos de assédio e agressão física. Muitos estão querendo voltar. Se no começo já está assim, é de se imaginar como será ao final de três meses. Que mal pergunte: por que não foi ninguém da Band para lá?

Mais um

Tudo caminha para Geraldo Luís, em 2018, ganhar um segundo programa na Record, além do que já apresenta aos domingos, na hora do almoço. Este novo para ir ao ar durante a semana, na faixa da linha de shows. O plano é esse. Agora só falta convencer o Geraldo.

Cuidados

Como, na paralela das novelas, a produção de séries se intensificou de maneira bem importante na Globo nesses últimos tempos e porque nem sempre é possível ter o completo controle de tudo, existiram casos de atores dobrando trabalhos no ar. Exemplos que serviram para aumentar os cuidados nas escalações. Tudo será feito para evitar repetições.

Na frente

De uns tempos para cá, todas as escalações da teledramaturgia, novelas e séries, estão sendo feitas com antecedência, muito de acordo com a ordem de exibição desses trabalhos. Ninguém garante que não haverá casos de repetição, mas que serão evitados ao máximo.

 

Últimas de Diversão