Rio tem programação do funk ao eletrônico neste fim de semana

Lellêzinha diz que o preparo para cantar e dançar Jackson 5 foi intenso - o resultado, os fãs veem em duas sessões no Teatro Rival, hoje e amanhã

Por O Dia

Rio - Fim de semana de funk no Rio. E rap. E rock. E música eletrônica, em apresentações pela cidade - e arredores -, sempre mirando na diversão do carioca. A festa começa hoje com a apresentação do fenômeno do funk pop, Dream Team do Passinho, no Teatro Rival. O grupo vai cantar repertório do Jackson 5 e de Michael Jackson e decidiu dar um presente para fãs de todas as idades: hoje no Rival tem show às 21h para adultos e amanhã tem matinê para a criançada, às 18h.

"São cinco pretos do Rio homenageando os cinco pretos de Indiana que fizeram história na música e dança mundial", anima-se Lellêzinha, vocalista e dançarina do grupo. Clássicos como 'ABC', 'I'll Be There' e 'Blame it on the Boogie' estão no roteiro. Lellêzinha diz que se preparou bastante para interpretar as músicas dos irmãos. "Foi um desafio cantar em inglês. A preparação durou mais de 3 meses e foi dura demais".

Dream Team do Passinho faz show no RivalDivulgação

Os batidões rolam solto no Baile do Presidente, que acontece na Ilha da Coroa, Barrinha, no Rio Beach Club. Vai rolar um baile com ares de pool party no domingo, a partir de meio-dia, com shows de Ludmilla e Nego do Borel.

ROCK EM CAXIAS

Saindo do Rio e indo para Duque de Caxias, tem rock no Caxias Music Festival, cuja primeira edição tem entrada gratuita e rola de hoje a domingo em dois palcos na Praça do Pacificador, no Teatro Raul Cortez e na Biblioteca Leonel Brizola.

O evento é encabeçado pelas presenças de três bandas nacionais dos anos 1980: Uns & Outros (hoje), Finis Africae (amanhã) e Zero (domingo), todas no palco Raul Cortez. O line-up é reforçado por grupos autorais como Notturnia, Vírus, Baleia e Ladrão de Cavalo. DJs como Terror (Subúrbio Alternativo) e José Roberto Mahr (Novas Tendências) põem som.

MÚSICA URBANA

Rap e música eletrônica misturam-se também ao calendário de shows de fim de semana do Rio de Janeiro - por sinal em dois eventos não muito distantes na geografia da cidade. O Rap Conect teve etapas online e "de rua", com a intenção de revelar artistas anônimos do rap carioca. E neste sábado, comemora o sucesso da sua primeira edição com show do rapper Emicida, no Terreirão do Samba. Os três vencedores do Rap Conect serão revelados no show.

E tem o Ultra Festival, que inova por trazer a música eletrônica a três datas no Rio, de hoje a domingo. Assim como acontece no Rap Conect, o evento também ocupa um espaço dedicado costumeiramente ao samba, o Sambódromo. Em três palcos, dividem-se nomes como o trio de DJs paulistanos Make U Sweat, o projeto Dubdogz (dos gêmeos Marcos e Lucas Schmidt) e atrações internacionais como Armin Van Buuren e David Guetta.

Últimas de Diversão