‘Ela não tem papas na língua’, diz Vera Mancini

Atriz faz rir e ainda se diverte com a Rosalinda, a emprega da novela das 9

Por O Dia

Rosalinda (Vera Mancini) em 'O Outro Lado do Paraíso'Divulgação

Rio - "Às vezes, coloco ventilador entre as pernas porque lá embaixo fica um fogaréu", diz a desbocada empregada Rosalinda (Vera Mancini), mostrando a que veio logo em sua primeira cena na novela 'O Outro Lado do Paraíso', da Globo. A atriz de 63 anos se diverte com a repercussão da funcionária de Sophia (Marieta Severo). "Moro em São Paulo e pego voo pelo menos uma vez por semana. As pessoas vêm falando muito carinhosas comigo, pedindo para que eu continue cuidando da Estela (Juliana Caldas). E brincam que estava 'fogueta' na cena do garimpo", conta a paulista de São Carlos, em referência à sequência em que sua personagem joga charme para os garimpeiros.

HISTÓRIA

Na história de Walcyr Carrasco, Rosalinda trabalha há mais de 20 anos na casa de Sophia. "Sabe que eu gosto da coisa (sexo), mas hoje em dia eu só arrumo homem por sorte no Carnaval e de máscara", diz a personagem em uma das suas divertidas cenas. Para a intérprete, Rosalinda é um papel complexo. "Ela tem esse fogo, é namoradeira, bocuda, não tem papas na língua. Mas também tem o lado materno que é muito forte. Ela tem a Estela como filha", derrete-se a veterana.

VIDA PESSOAL

Solteira ("Terminei um relacionamento há pouco tempo", diz), Vera conta que não está pensando muito em um novo amor. "Me apaixono mesmo. Sou muito intensa. Não sou namoradeira. Quando estou com um, pronto. Mas está bom assim", avisa ela. Quando o assunto é a faixa etária do provável pretendente ao seu coração, a atriz mostra uma certa preferência. "Muito criança não tenho muita atração. Mas a alma da gente está aberta para qualquer tipo de relacionamento", pondera.

MÃE ATIVA

Vera conta que a mãe dela, dona Nilza, de 87 anos, está namorando e que a matriarca ficou brava quando a filha contou do relacionamento dela. "Ela disse: 'Por que tem que me expor?'. Falei: "Mãe, não é expor, mas um incentivo para as pessoas. Ela o conheceu no baile da terceira idade. Tenho que frequentar (risos). Minha mãe é muito ativa, viva", elogia a filha orgulhosa.

CUPIDO

A atriz explica que nos próximos capítulos, sua personagem investirá ainda mais na porção "cupido". Rosalinda quer a todo custo encontrar um amor de verdade para Estela. "Ela tenta com o Juvenal (Anderson Di Rizzi) e com o português, Amaro (Pedro Carvalho). A Rosalinda quer mostrar que Estela pode amar e se casar. A jovem é insegura. E conta com a ajuda da amiga para abrir o coração", salienta.

COLEGAS

Pela primeira vez contracenando com Marieta Severo, Vera é só elogios para a colega de cena. "Pessoa linda, humilde na essência da palavra, generosa. Delícia contracenar com ela, uma grande atriz. Juliana é uma ótima atriz também. O elenco e toda a equipe são maravilhosos", comemora.

A intérprete diz que fica magoada quando ouve as palavras duras da personagem Sophia para Estela. "Em uma preparação, a Marieta caiu aos prantos ao falar para a própria anã que ela é um monstro. Claro que fere, é muito agressivo. O Walcyr está mostrando isso porque existe", defende.

ACESSIBILIDADE

Vera aponta que, desde que começou a contracenar com Juliana Caldas, passou a prestar atenção em como a nossa realidade é tão desigual. "Esse mundo tão acelerado, em que coisas não acessíveis para anãos passam despercebidas, infelizmente. Agora estou em um lugar e percebo como seria para a Juliana Caldas. Às vezes, penso: 'Poxa, a Juliana não ia conseguir alcançar isso'. Você convive com a pessoa e a sua percepção acaba mudando. Que esse e outros temas abordados pela novela tragam mais reflexão para todos", torce.

 

Últimas de Diversão