Colunista Leo Dias é uma das dez celebridades mais buscadas na Web

Anitta e Neymar aparecem no mesmo ranking. Jornalista atribui o resultado à sua credibilidade jornalística

Por O Dia

Léo Dias Reprodução Instragram

Rio - Ao lado de celebridades como Anitta e Neymar, o colunista do DIA Leo Dias aparece entre as dez personalidades brasileiras mais buscadas na Internet em 2017.

O jornalista foi procurado na Web cerca de 500 mil vezes este ano, de acordo com o SEMrush, empresa de monitoramento online, responsável pelo ranking divulgado nesta terça-feira. O estudo leva em consideração as pesquisas realizadas em buscadores, como Google e Bing.

No DIA desde 2011 — onde mantém uma coluna no jornal impresso e também um blog — Leo atribui o resultado à sua credibilidade jornalística.

"Eu acho que há várias razões. Aos poucos, meu nome virou uma referência de notícias  sobre celebridades. Também há o fato de estar em todas a mídias", diz o também apresentador do "Fofocalizando" do SBT e do "The Bate Boca" da Mix FM Rio de Janeiro. "O principal é estar no jornal e no site. A televisão e o rádio podem ser muito fascinantes, mas eu sei a importância da palavra escrita", completa. 

Ranking das personalidades mais buscadas na Web em 2017 Reprodução Internet

Segundo Leo, a sua preocupação é sempre criar um conteúdo exclusivo para o blog e também para o impresso. "É o extra-oficial, não é só aquilo que a assessoria de imprensa diz", afirma.

O colunista destaca que seu "compromisso é com a verdade". "As pessoas começaram a ver o que eu escrevia vinha à tona. A verdade sempre vem. Eu só lamento o fato de muitos sites republicarem minhas notas sem me dar crédito", comenta Leo sobre outros veículos de imprensa que repercutem suas matérias exclusivas sem o mencionarem. 

Para 2018, os planos do colunista é criar um blog sobre notícias sobre influenciadores digitais. "Eu acho que isso é futuro e também quero canalizar minhas forças para as redes sociais", comenta o apresentador que participa de lives na página oficial do DIA no Facebook. "As pessoas precisam saber quem está escrevendo e produzindo o conteúdo", conclui.

Últimas de Diversão