Uma ex-feirante que virou gestora

Já no clima das festas de fim de ano, a coluna #TôNaFeira conversou com a primeira gestora mulher e ex-feirante da Feira de São Cristóvão

Por O Dia

Rio - Como escreveu Euclides da Cunha, "o sertanejo é antes de tudo um forte". Mas, neste caso, a sertaneja Magna Justino Fernandes Santos é uma fortaleza. Já no clima das festas de fim de ano, a coluna #TôNaFeira conversou com a primeira gestora mulher e ex-feirante da Feira de São Cristóvão, Magna Fernandes.

"Tenho que agradecer ao prefeito Marcelo Crivella a confiança de sempre. O segredo é amar o que se faz. Quando fazemos o que gostamos, aos poucos, tudo se encaixa", diz a gestora.

Magna Fernandes%3A primeira gestora mulher da Feira de São CristóvãoDivulgação

Magna é natural de cidade de Lagoa de Dentro na Paraíba. E afirma que aprendeu em casa que o respeito e o trabalho honesto valem em qualquer lugar.

"Sou a caçula mulher dos nove filhos do senhor Miguel Fernandes e de dona Marinete Justino Fernandes, com quem aprendi que dignidade e a retidão compõem o início sadio de qualquer relação", afirma a gestora.

Para Magna, a feira é um desafio diário a ser alcançado. "A feira é um desafio que conquistamos a cada dia. Me pauto pelo não desistir, confiar e ter fé. Nas dificuldades somos impulsionados, descobrimos novas saídas e conseguimos crescer. Desejo a todos um feliz Natal próspero Ano Novo", finaliza.

Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas. Campo de São Cristóvão s/nº, São Cristóvão (2580-6946). Ter a qui, de 10h às 18h. Fins de semana, de 10h de sexta às 21h de domingo.

Últimas de Diversão