Luan desmente que tenha matado uma pessoa no Exército: 'Queria destaque'

O eliminado desta terça-feira ainda disse que não pensou que o caso pudesse ter consequências sérias

Por O Dia

Rio - Em disputa com Cézar, Luan foi o sétimo eliminado do "BBB 15" com 87% dos votos. Enquanto esteve na casa, Luan — que era soldado do exército — contou aos colegas de confinamento que matou um jovem com um tiro na cabeça durante a ocupação do Complexo do Alemão, em 2010. No entanto, ao deixar a casa, Luan disse que tudo não passou de invenção.

Luan posa para foto em entrevista coletiva após eliminaçãoDivulgação

"No calor do jogo, eu acabei inventando. Foi questão de me sobressair, de ter destaque entre os outros. Não pensei que pudesse ter consequências sérias. A gente pensa quando sai", garantiu.

"Tinha muita gente contando a sua história de vida e aí você vê todo mundo falando e acaba criando só para ter um pouco de destaque também no meio da galera", completou Luan, que diferentemente dos outros eliminados, tinha cinco profissionais da Globo o orientando durante a entrevista coletiva.

Em seu terceiro paredão, Luan não entende porque saiu com uma porcentagem tão alta. "Eu nem imaginava chegar nessa altura. Se saí com essa porcentagem, não entendo o motivo de não ter saído no primeiro Paredão", disse Luan, que acredita que sua briga com Adrilles, Amanda, Fernando e Tamires na última festa o prejudicou. "A minha briga com o pessoal pode ter me atrapalhado no jogo", disse.

Leia Mais:

Luan diz que matou uma pessoa quando estava no Exército

Luan conta detalhes sobre suposta morte no Alemão e Globo corta sinal



Últimas de _legado_BBB 15