Por thiago.antunes

Rio - A Águia de Madureira está em festa. E para marcar o início de uma nova era, a Portela abre as portas de sua quadra neste sábado para a primeira edição de sua tradicional feijoada, que completa 10 anos, após a posse do presidente Serginho Procópio.

O evento promete: além de contar com a presença de baluartes da escola, será divulgado o enredo para o Carnaval, até agora guardado a sete chaves.

Um homenagem aos bambas Monarco, Paulinho da Viola e o cartunista Lan, que receberão títulos de beneméritos da agremiação, será outro ponto alto da festa.

“A feijoada vai ser preparada pelas portelenses. E teremos a presença em massa de grandes integrantes que estavam afastados, como o Noca e a Teresa Cristina”, disse Procópio. Ele quer a vitória em 2014: “Vamos colocar os melhores profissionais, porque o melhor é o que a gente quer para a Portela”.

Da Velha Guarda a Monarco%3A Portela se reforça para o próximo Carnaval unindo tradição e modernidade Fernando Souza / Agência O Dia

A confiança é embalada pelo reforço na equipe técnica para brigar pelo título. A escola terá o intérprete Wantuir, e Richahs, Rogerinho e Cremilson no carro de som. Nova aquisição, a coreógrafa Ghislaine Cavalcanti, ex-Beija-Flor, vai comandar a Comissão de Frente.

O evento da Portela começa às 13h e terá show da Velha Guarda. A entrada é R$15 e a feijoada é o mesmo preço. Outras escolas já estão esquentando os tamborins para o Carnaval. Hoje, o Salgueiro fará ensaio, a partir das 22h.

A entrada custa R$ 10. Mangueira, Viradouro e Alegria da Zona sul serão as atrações da Mocidade, que abre suas portas, em Padre Miguel, a partir das 22h. O ingresso custa R$ 10,00 para homens. Mulheres não pagam.

Aposta numa nova era de vitórias

Para o novo presidente da Portela, Serginho Procópio, a homenagem que a escola vai render a Monarco, Paulinho da Viola e ao cartunista Lan é um reconhecimento que a Portela deveria ter dado há muito tempo a quem participou da história da escola. Eles receberão títulos de sócios beneméritos.

“São mais de 30 anos de Portela. Os três sempre levaram e elevaram a escola onde quer que fossem. É uma justa homenagem reparando erros do passado. Agora é o início de uma nova era. E esperamos que seja muito bonita e de vitórias”, disse Procópio.

Emocionado, Monarco reforça seus votos de fidelidade e amor à escola: “Estão reconhecendo nosso amor pela escola. Sempre estive ao lado da Portela, nunca cobrei um tostão dela. Eu devo tudo à Portela, que me deu inspiração. E continuarei ao lado dela, com muito carinho e respeito”, disse o sambista.

Você pode gostar