Dudu Nobre vai disputar final de samba no Império Serrano e Viradouro

Decisões vão acontecer neste sábado e sambista demonstra empolgação: 'São escolas muito especiais, que tudo dê certo'

Por O Dia

Rio – Se na Mocidade a disputa de samba ainda está na fase inicial, Dudu Nobre abre espaço em sua agenda e estará marcando presença neste sábado com seus sambas nas finais de Império Serrano e Viradouro, ambas pela Série A do Carnaval carioca. Em bom momento no mundo do samba, o cantor só parece ter motivos para comemorar a embalada trajetória nas eliminatórias para 2014.

“Para mim está sendo muito bacana, estou muito feliz. São duas escolas com um nome muito grande, com uma história incrível no Carnaval carioca. Na Viradouro tive a oportunidade de desfilar como primeiro repique do Paulinho Botelho por dois anos. Já no Império tenho uma grande ligação: Fui cavaquinista por três anos, venci samba no Império do Futuro e tenho grandes amigos lá, além de ser a escola do meu pai, do padrinho Wilson das Neves e do mestre Beto Sem Braço. Acho que só tenho a comemorar e torcer para que tudo dê certo em mais uma etapa”, afirmou.

Império Serrano e Viradouro: Dudu Nobre vai disputar duas finais de samba neste sábadoRafael Arantes / Agência O Dia

Se o momento é de festa, existe também o lado da correria. No sábado, para estar presente nas duas finais e ainda deixar sua marca na apresentação do samba na Mocidade e dar a costumeira força para a parceria do amigo Fred Camacho no Salgueiro, Dudu estará numa verdadeira maratona carnavalesca.

“O fogo vai ser a correria. Vamos estar primeiro no Império, depois chegar junto na Mocidade, dar uma passada no Salgueiro para dar aquela força para o Fred e fechar com tudo na Viradouro. Vai ser uma maratona, moleque (risos)”, projetou.

Para as decisões no Império e Viradouro, Dudu terá pela frente o duelo com outras três parcerias em cada agremiação. Na Verde e Branca, o embate será com as obras de Paulinho Valença, Paulo Samara e Lucas Donato, já na escola de Niterói, a disputa será com Felipe Filósofo, Bebeto Maneiro e Serjão. Confira, em versão exclusiva, um pouco dos sambas de Dudu nas duas escolas da Serie A: