Por pedro.logato

Rio - Na noite da última terça-feira, mestre Claudinho recebeu um telefonema alertando de seu desligamento da Paraíso do Tuiuti. A decisão da direção de Carnaval acabou vencendo o desejo do presidente Jorge Honorato, que era favorável à permanência do comandante. No entanto, a manhã desta quinta-feira foi de reviravolta na escola de São Cristóvão. Após uma reunião realizada na noite de quarta, o mandatário confirmou ao DIA na Folia o retorno do mestre de bateria.

Claudinho está de volta à TuiutiRicardo Almeida / Divulgação

"O Claudinho está de volta. A permanência dele é algo muito bom para a nossa escola. Ele tem grandes planos para a nossa bateria e vai nos ajudar muito em 2014. Graças a Deus nos reunimos na noite de ontem(quarta-feira) e conseguimos decidir sobre o futuro da nossa escola. Agradeço a todos e também ao grande Renato Thor, que mesmo estando na Lierj, não deixa de ser 'tuiutiense' e nos dá um auxílio muito grande", afirmou.

Segundo Honorato, a repentina saída de Claudinho ocorreu em razão de um conflito de pensamentos quanto à formação da bateria para o Carnaval de 2014, fato totalmente contornado pela direção da escola.

"O Claudinho tem um grande projeto de realizar uma escolinha. Ele está tirando os menores da nossa comunidade para aprenderem a tocar e fazer parte da nossa bateria, no entanto, este é um projeto visando o Carnaval de 2015 e estava atrapalhando um pouco o bom andamento para o Carnaval de 2015 e acabou causando um certo desentendimento. Agora está tudo certo e ele está de volta para a nossa escola. O nome que estavam falando para o substituir não passou de uma especulação", afirmou.

Cria da escola, mestre Claudinho é filho do presidente Jorge Honorato e irmão do ex-mandatário, agora na Lierj, Renato Thor. O comandante da bateria Super Som retornou para a agremiação no último Carnaval, após a saída de mestre Celinho e a notícia de uma dispensa repentina abalou o ambiente dos torcedores da Tuiuti. Com o fato revertido, o desejo do presidente é por uma maior união da escola: "A Tuiuti não se abalou. Ele está de volta e agora queremos a presença da nossa comunidade conosco. Vamos fazer um belo espetáculo em 2014".

Você pode gostar