Beija-Flor usa indevidamente trecho de canção de fim de ano da Globo

Compositor Nelson Motta exige pagamento de direitos pela escola

Por O Dia

Rio - A mais nova polêmica do Carnaval carioca envolve a grande Beija- Flor e o poderoso jornalista e compositor Nelson Motta. E a questão está relacionada aos direitos autorais da canção-tema do fim de ano da TV Globo.

Como a escola de Nilópolis homenageia Boni, o ex-todo-poderoso da Globo, os compositores do samba-enredo resolveram retirar um trecho da música que os artistas globais cantam há anos sempre perto do Natal. Só que a agremiação não avisou o fato ao dono da música, chamada ‘Novo Tempo’, que foi escrita por Nelson Motta.

Boni, na imagem ao lado de Laíla, é o homenageado da Beija-FlorDiego Mendes / Divulgação

Em um dos trechos finais do samba, ‘O Astro Iluminado da Comunicação Brasileira’, aparece o seguinte verso: “Vem, a festa é sua, a festa é nossa, de quem quiser”, em clara alusão à música da Globo. Nos bastidores da Beija-Flor, o comentário é que acreditava-se que esta música pertencia ao próprio Boni. Por isso, não haveria problema algum em ‘retirar’ tal trecho e incluir no samba-enredo.

Advogados estão no caso

Motta já entrou em contato com a escola, através de seus advogados, exigindo seus direitos autorais. Boni, o homenageado, está tentando resolver a questão de maneira amigável, usando sua influência junto ao autor da canção.

A coluna consultou advogados especializados em direitos autorais, que garantiram o direito de Nelson Motta neste caso: “Em música, até poderia ser aceito, desde que não houvesse aferição de lucro com a criação intelectual do autor”, disse um advogado.

Nelson Motta foi procurado, mas, até o fechamento desta edição, não se pronunciou sobre o caso. A Beija-Flor de Nilópolis, através de sua assessoria de imprensa, diz que a agremiação não quer se pronunciar sobre o assunto, pois “já está tomando as medidas legais necessárias”.

Últimas de Carnaval