Por raphael.perucci
Jamelão%2C eterno intérprete da Mangueira%2C aparece durante ensaio dias antes da inauguração da Passarela%2C em 1984Banco de imagens / Agência O DIA

Rio - A Passarela do Samba está completando três décadas. Nesse espaço, vamos lembrar grandes momentos registrados por fotógrafos de O DIA.

Para começar, nada melhor do que lembrar do inesquecível Jamelão, o maior intérprete de todos os tempos, que aparece um ensaio na Avenida dois dias antes do desfile de 1984.

José Bispo Clementino dos Santos, morto em 2008, deu muitas alegrias à Estação Primeira e sempre foi uma das personalidades mais reverenciadas do Sambódromo.

Seu último desfile foi em 2006, quando o enredo da Mangueira foi sobre o Rio São Francisco.  

Você pode gostar