Banda abre as portas para o topless

Bloco no Centro vai reeditar ‘toplessaço’ que fracassou na orla na abertura do verão

Por O Dia

Rio - No dia 27, o tradicional Bloco-Banda da Rua do Mercado, no Centro, vai ganhar uma ala ousada e polêmica: pelo menos 20 mulheres com os seios de fora. O ‘toplessaço de Carnaval’ será liderado pela cineasta Ana Paula Nogueira, de 34 anos, que vem como porta-bandeira.

Ana Paula e o figurino do desfileDivulgação

Conhecida como ‘musa do topless’, Ana Paula diz que a ala — que terá cadastramento prévio e cordão de isolamento para afastar os mais assanhados — será a continuidade do evento que ocorreu em Ipanema na abertura do verão, em dezembro, e foi considerado um fracasso, pois poucas mulheres tiraram a parte superior dos biquínis.

“É uma forma de apoiar quem adere à prática e ativar a discussão,” afirma Ana Paula. Ela ressalta, porém, que, por ter crianças no bloco, as foliãs que literalmente vão cair no samba de peito aberto terão parte do corpo coberto com pintura artística ou adereços.

A cineasta — par do veterano mestre-sala Peninha, figura ilustre do Carnaval da década de 1970 — quer fazer um documentário sobre o tema. E revela: “Vou convidar o prefeito Eduardo Paes para o desfile. É para que os governantes, simbolicamente, entendam que nosso nosso movimento não é uma piada.”

Últimas de Carnaval