Na companhia de campeões, Zico quer transformar a Sapucaí no Maracanã

Homenageado, ídolo do Fla mostra ansiedade pelo desfile da Imperatriz e detalha emoção: 'É um reconhecimento por tudo'

Por O Dia

Rio - Zico reinou nos gramados durante os 23 anos em que esteve na ativa junto ao futebol. Agora, o ídolo do Flamengo terá toda sua vida retratada de um modo diferente. O ex-jogador vai comemorar seu aniversário na Marquês de Sapucaí. O dia 3 de março de 2014 vai registrar os 61 anos do craque e a grande homenagem da Imperatriz à vida do lendário Galinho de Quintino. A Passarela do Samba promete se transformar num verdadeiro Maracanã para receber o Deus do Futebol.

Homenageado pela Imperatriz%2C Zico está ansioso pelo desfile%3A 'Será repleto de campeões'Mariana Moreno / Divulgação

A conversa com o DIA na Folia mostrou um pouco da mistura de ansiedade e expectativa de Zico pelo dia mais que especial que o espera. Desde que voltou ao Brasil, após deixar o comando do Al-Gharafa, em janeiro, o ídolo vem se dedicando totalmente à rotina da Imperatriz e acredita que o desfile da Verde e Branca pode ser consagrado como campeão caso o maior palco do Carnaval possa se tornar uma das casas mais conhecidas do craque: o Maracanã.

"Transformar a Sapucaí num Maracanã? Se isso acontecer a possibilidade de ganharmos é grande. Temos que pensar nessa grande relação sim. O Sambódromo é o grande palco do Carnaval, assim como o Maracanã para o futebol. Se for assim será incrível. A escola está muito motivada. Estou muito confiante e feliz pela capacidade do nosso talentoso carnavalesco em transformar esse enredo na verdadeira forma como esperei. Ele entendeu tudo que conversamos e viu que era muito válido para ele. Não tenho essa vaidade de ficar martelando um desejo de ser homenageado. Gosto de Carnaval, gosto de me divertir. Se não fosse algo válido para o Carnaval não haveria menor cabimento. Vai ser um grande dia", disse Zico, que já havia sido convidado para ser enredo no Carnaval em outras ocasiões: "Sempre achei que ainda não era a hora".

A grande expectativa, na verdade, é aumentada ainda mais em razão das companhias que o ídolo terá na Sapucaí. Além da família e os apaixonados componentes da Imperatriz, o Galinho vai contar com a presença dos companheiros da conquista do Mundial de Clubes de 1981, pelo Flamengo. Além deles, outros grandes nomes do esporte são presenças confirmadas e o fato também ajuda para deixar o homenageado ainda mais ansioso.

Ansioso%2C Zico quer transformar a Sapucaí no MaracaDiego Mendes / Divulgação

"O carro que vai levar os campeões do mundo vai trazer muita emoção. Isso marcou história no Flamengo e no futebol mundial. Faz muito tempo que o pessoal não se reúne e estarmos todos juntos numa festa tão linda como essa será muito especial. Apenas o Figueiredo, que faleceu, e o Tita, que tem sua religião, não vão estar presentes. Todos os outros estarão lá. Estou ansioso, é claro. Até jogadores que atuaram contra mim, artistas, cantores, atores, atletas de outras modalidades... A Sapucaí vai estar recheada de campeões e de gente que gosta de mim. Vai ser um momento histórico", desabafou.

"Está tudo muito bem. Tenho procurado estar presente em todas as situações e eventos da escola. Procuro estar sempre no Barracão assim como estive no ensaio técnico, de quadra e tudo mais. Tenho procurado ter a maior participação possível. É uma grande emoção a cada dia, tem uma importância ímpar para mim", disse o craque, que se emocionou ao ser ovacionado no ensaio técnico da escola, realizado no último sábado.

"Foi incrível. Estou acostumado com esse tipo de coisa dentro do estádio, mas lá é um público diferente. É um grande reconhecimento por tudo. Digo que coloco a cabeça no travesseiro e passa todo um filme na minha cabeça. Essa homenagem representa muita coisa. Posso ter a certeza que valeu todo o esforço, sacrifício... Toda a superação é reconhecida ao adquirir esse respeito na profissão que eu escolhi para mim", comentou.

Além da presença marcante no ensaio técnico do último sábado, Zico faz questão de estar sempre atento ao dia a dia da Verde e Branca. O craque não se limita a estar apenas nos eventos mais refinados e convive diariamente com todos os integrantes da agremiação. A felicidade nos olhos de cada componente vem empolgando ainda mais o Galinho.

"Para uma escola vencer é preciso ter todos muito bem afinados. É importante esse papel de estar ao lado dos ferreiros, costureiras, eletricistas, compositores... Não adianta ser aquele homenageado que está ali por estar. É preciso uma união de esforços. Sou acostumado com isso pelo fato do futebol ser um esporte coletivo e acho que essa minha presença também ajuda. As pessoas sentem que eu estou motivado e isso ajuda muito. Fico muito feliz de ver o sorriso no rosto de cada um que está ajudando a contar a minha história", comentou Zico, que faz questão de deixar os pensamentos sobre futebol de lado até o Carnaval.

"Não estou pensando nisso agora. São muitos compromissos e tudo que tem a ver com o futebol eu estou deixando para depois do dia 12 de março", finalizou.

O enredo em homenagem ao craque (Arthur-X: O reino do Galinho de Ouro na Imperatriz) é desenvolvido pelo carnavalesco Cahê Rodrigues e estará na Avenida na segunda-feira de Carnaval, quando a Imperatriz será a quarta escola a desfilar.

Zico abraçou o projeto e está se dedicando em prol da Imperatriz%3A 'É um grande reconhecimento'Diego Mendes / Divulgação


Últimas de Carnaval