Mocidade alfineta o Flamengo ao levar para a Avenida camisas do Sport

Enredo da escola retrata Pernambuco

Por O Dia

Rio - Ao homenagear Pernambuco e o carnavalesco Fernando Pinto, a Mocidade tomou partido em uma polêmica do futebol. O pessoal da harmonia e evolução da escola entrou na Avenida com uma camisa do Sport, clube para o qual Pinto torcia. A alfinetada ao Flamengo era no número do "uniforme": 87.

Mocidade toma partido e alfineta o Flamengo com camisa do SportFlávio Trindade / Agência O Dia

Segundo Almir Frutuoso, diretor de harmonia da escola, a utilização foi um acerto entre a Mocidade e o governo do estado de Pernambuco, um dos patrocinadores do enredo da agremiação de Padre Miguel.

"Foi um acerto entre eles. Queriam mostrar de fato quem é o campeão brasileiro de 1987", disse Almir, que é botafoguense.

Naquela ocasião, o Flamengo se recusou a enfrentar o Sport para decidir o título do Brasileiro. Os times eram de módulos diferentes. O clube carioca jogava o que equivalia a Série A e não quis jogar contra o Sport, que estava no que seria uma divisão inferior. A CBF, então, declarou o time pernambucano campeão.

>>> LEIA MAIS: Torcida do Flamengo 'responde' e seca escola: '#CaiMocidade'

A polêmica se arrasta até hoje e ganhou mais um capítulo no Carnaval. Curiosamente, o maior ídolo da história do Flamengo vai ser homenageado na Sapucaí nesta segunda-feira. Zico é enredo da Imperatriz.

Últimas de Carnaval