'Continuo na Tijuca no ano que vem', afirma Paulo Barros

Carnavalesco também conquistou títulos em 2010 e 2012 pela Azul e Amarela da Zona Norte

Por O Dia

Rio - O carnavalesco Paulo Barros, da Unidos da Tijuca, chegou às 21h na quadra da agremiação e e assegurou aos torcedores da Azul e Amarela da Zona Norte que fica na escola. "Continuo no ano que vem. Não recebi convite de nenhuma escola, não sei de onde surgem esses boatos. O campeonato foi resultado de muito trabalho. O presidente Fernando Horta me entrega o enredo e tenho total liberdade para exercitar o que sei", disse Barros.

Muito aplaudido, o carnavalesco revelou ainda que não assistiu ao resultado no Sambódromo. "Fico muito nervoso, prefiro assistir de casa", disse. Barros foi cumprimentado por foliões, que lotaram a quadra, e membros da agremiação tijucana que os receberam aos gritos de 'o campeão voltou'. 

Paulo Barros esbanja animação durante o desfile%2C na madrugada de terça-feira. Ele foi ovacionado ao chegar à quadra da escolaAndré Mourão / Agência O Dia

"A gente pretende continuar com ele. Porém, que fique claro que a Unidos da Tijuca não é só o Paulo Barros”, disse o presidente da escola, Fernando Horta. A rainha da bateria Juliana Alves, festejou o título. “Tenho muito orgulho de ser tijucana e muito amor por essa escola”, declarou a atriz. A coreógrafa Priscila Motta dedicou o título aos bailarinos de sua equipe. “A expectativa com a comissão de frente era grande, mas eles fizeram um trabalho íncrivel”, elogiou.

Cnco mil latinhas de cerveja foram distribuídas pela Unidos da Tijuca para a multidão de foliões que lotou a quadra para festejar o tetracampeonato. O trânsito na Avenida Francisco Bicalho chegou a ser interditado para a passagem dos foliões. A rainha da bateria, Juliana Alves, era uma das mais emocionadas com a vitória. A musa fez questão de descer do palco e comemorar junto com a comunidade e a bateria de Mestre Casagrande.

Componentes da Unidos da Tijuca vibram com o título de "Campeã 2014" Foto%3A Vítor Silva / Agência O Dia

No Morro do Borel, a comemoração foi em ritmo de samba e funk. Em frente à quadra da agremiação, na Rua São Miguel, centenas de simpatizantes da azul e amarela curtiram o título. “Estou há 35 anos na escola. Quando entramos no Sambódromo eu fiquei toda arrepiada com a recepção do público. Sabia que íamos ganhar”, descreveu, emocionada, Marli Luiz, de 59 anos, que toca cuíca na bateria. “O título foi merecido. Fizemos um desfile impecável”, comemorou Márcia Santos, 50 anos. Em meio à comemoração na quadra, o presidente da Unidos da Tijuca, Fernando Horta, confirmou seus planos de se candidatar às eleições para a presidência do Vasco da Gama este ano.

>>>FOTOGALERIA: Veja o desfile da Tijuca

Acelerando para garantir a vitória

A Unidos da Tijuca é a campeã do Carnaval de 2014. Com enredo sobre o universo da velocidade que homenageava Ayrton Senna, a escola foi a última a se apresentar no segundo dia de desfiles e fez uma exibição marcada pela originalidade e criatividade das fantasias e alegorias. O talento do carnavalesco Paulo Barros fez a diferença e a escola conquistou mais uma vitória no Grupo Especial. É o quarto título da história da agremiação da Zona Norte. A escola mostra sua superioridade recente, sendo campeã em 2010, 2012 e 2014.

Componentes da Tijuca comemoraram o título no SambódromoUanderson Fernandes / Agência O Dia

A vitória foi comemorada pela família de Ayrton Senna. “’Brasileiro só aceita título se for de campeão. E eu sou brasileiro’. Essa frase do nosso tricampeão reflete o comprometimento e a dedicação da Unidos da Tijuca para homenagear o seu legado e vencer o Carnaval do Rio”, vibrou a irmã do piloto, Viviane Senna.

O sobrinho do tricampeão mundial, Bruno Senna, recebeu a notícia da conquista do título na Austrália. Na segunda-feira, Bruno desfilou pela primeira vez em uma escola de samba, para homenagear o tio. “Chegar aqui e ser informado que somos campeões foi demais! É uma grande alegria e quero cumprimentar toda a galera da Unidos da Tijuca por esse trabalho tão maravilhoso”, disse Bruno, bastante emocionado. Para ele, o resultado final foi difícil de prever, por causa do elevado nível das concorrentes. “A competição foi muito dura, mas a verdade é que não é fácil superar a criatividade de Paulo Barros”, elogiou.

Presidente da Unidos da Tijuca levanta taça na quadraAndré Mourão / Agência O Dia

O quesito bateria, critério de desempate, sacramentou a vitória da escola. No entanto, a Unidos da Tijuca já havia levado notas 10 em seis quesitos, entre eles Harmonia, Alegorias e Adereços, Evolução e Comissão de Frente. Esta, aliás, dos coreógrafos Rodrigo Negri e Priscilla Mota, arrebatou o público na Sapucaí ao juntar personagens de desenhos animados com Ayrton Senna e trouxe até um carro de Fórmula 1, criando uma excelente comunicação com o público.

O casal de mestre-sala e porta-bandeira Julinho e Rute também levou nota máxima dos jurados. Com um bailado perfeito, a dupla encantou. A bateria do Mestre Casagrande, que entrou na Avenida vestido com a "bandeirada da vitória", como disse o mesmo, agradou os jurados e garantiu quatro notas 10 no quesito.

Componentes da Unidos da Tijuca vibram com o título de "Campeã 2014" Foto%3A Vítor Silva / Agência O Dia

A Tijuca ficou no pelotão de frente desde o início. O Salgueiro, porém, ameaçou a vitória e ficou na liderança até a reta final. Mas o sprint da Tijuca foi certeiro. Inspirado por Senna, a escola foi a melhor nos últimos quesitos, recebendo a bandeira na corrida pelo título. A Tijuca acelerou!

Salgueiro garante vice-liderança

O Salgueiro ficou em segundo lugar na apuração do Grupo Especial, seguido pela Portela, em terceiro. Além do trio, União da Ilha, Imperatriz e Grande Rio vão desfilar no sábado, nas campeãs. Confira como ficou o resultado final:

Posição Escola Pontuação
1º Unidos da Tijuca 299,4
2º Salgueiro 299,3
3º Portela 299
4º União da Ilha 298,4
5º Imperatriz 297,6
6º Grande Rio 297,2
7º Beija-Flor 296,4
8º Mangueira 296,2
9º Mocidade 296
10º Vila Isabel 295,9
11º São Clemente 294,3
12º Império da Tijuca (rebaixada) 291,1

Últimas de Carnaval