Por thiago.antunes

Rio - O vice-campeonato, com diferença de um décimo para a campeã Unidos da Tijuca, provocou reações diferentes entre integrantes da diretoria e torcedores do Salgueiro, que já havia conquistado sete dos 12 troféus do Tamborim de Ouro do DIA. Enquanto o diretor de Carnaval Dudu Azevedo e a rainha de bateria Viviane Araújo não escondiam a decepção pela derrota, apaixonados pela escola lotaram a quadra da Vermelha e Branca tijucana e deram um show de espírito esportivo. Assim que selou-se o resultado, os mais de 4 mil presentes se levantaram e fizeram uma longa salva de palmas. O samba foi cantado em coro, mesmo sem a bateria.

Embora a sensação de dever cumprido se espalhasse entre os salgueirenses, houve espaço para críticas. A perda de décimos nos quesitos Fantasias e Alegorias e Adereços foi o alvo principal de contestações. “Quem decide é o jurado. Eu tenho certeza de que fiz um belo espetáculo. Fiz fantasias de verdade. Vou esperar as justificativas das notas, mas estou aliviada. O Salgueiro foi o campeão do povo. Estou no pódio, não me sinto derrotada”, disse a presidente Regina Celi, que, ao subir no palco da quadra, pediu a todos que façam um belo desfile no Sábado das Campeãs.

Antes do resultado final%2C torcida acompanhava a apuração na quadra e comemorava a cada ‘dez’ dado pelos juradosFernando Souza / Agência O Dia

Com críticas mais afiadas, Dudu Azevedo não escondia a frustração da derrota. “Estou indignado com o resultado. Perder nota em fantasias, alegorias e adereços é inacreditável”, criticou. Inconsolável, Viviane Araújo criticou abertamente o desfile da Unidos da Tijuca. “Foi injusto, não mereciam vencer. Salgueiro é o campeão do povo!”, esbravejou.

Ainda mais revoltado, o intérprete Serginho do Porto disparou. “Como é que uma escola como o Salgueiro foi igualada em termos de fantasia à Vila Isabel? Os jurados de fantasias e alegorias vão ter que explicar. É jurado que está bem intencionado? Não. Carnaval tem que ser verdadeiro. Onde o Salgueiro podia ter perdido ponto era em Evolução. Tirou um 9.9 na Bateria e aí você vê Harmonia, que é o canto da escola, com ritmo. Se a Harmonia teve nota máxima, como a bateria pecou? Sempre perdemos o Carnaval por um décimo”, lamentou.

Regina Celi aproveitou a ocasião para confirmar que será candidata à reeleição. A parceria com a Nissan também foi confirmada para o ano que vem. A noite terminou com torcedores e a bateria Furiosa fazendo um cortejo pelas ruas do bairro, ao som de sambas históricos.

Você pode gostar