Por thiago.antunes

Rio - O Dia Internacional da Síndrome de Down, celebrado em todo o mundo em 21 de março, chama a atenção da sociedade para a luta por direitos iguais, bem-estar e inclusão das pessoas que nasceram com esta ocorrência genética.

A data faz referência aos três cromossomos de número 21 que caracterizam esta síndrome e foi ideia do geneticista grego Stylianos E. Antonarakis, professor da Universidade de Genebra. Em 2012, por iniciativa do Brasil, a celebração entrou para o calendário oficial da ONU.

No Rio, no próximo domingo, acontecerá pelo nono ano a caminhada pelo Dia Internacional da Síndrome de Down, com concentração marcada para 9 horas, no Arpoador.

B.L.E.S.S.

Está chegando o B.L.E.S.S, que vai celebrar e unir as diversas vertentes da cultura Sound System Reggae no Rio. Com a Bangarang como equipe de som residente e grande acervo de música jamaicana em vinil, o encontro vai botar todo o mundo para dançar.

A festa é itinerante, ocupa de espaços públicos, como praças, praias e parques, a casas noturnas. A primeira edição vai rolar dia 28, no Quiosque do Bispo (Marina da Glória, Aterro), com muitos MCs convidados, entre os quais, Sistah Mo Respect. 

A primeira edição da festa será no dia 28%2C no Quiosque do Bispo%2C na Marina da Glória%2C no Aterro%2C com muitos MCs convidados%2C entre os quais%2C Sistah Mo Respect Divulgação

Clássicos do jazz 

Em sua quinta edição, no próximo sábado tem o Jazz do Castelo, com Guga Pellicciotti Trio, que promete uma deliciosa experiência musical temperada com clássicos do jazz e da música brasileira.

O trio é formado, além de Guga na bateria, por João Braga nos teclados e Rômulo Duarte no baixo. A partir de 19h, na Avenida Churchill, no Centro.

Onda Humana 

Antonio Consciência, Sami Brasil, Igor Swed, Alan Camargo e Fabio Carrão cantam e a multidão, aglomerada na Pedra do Sal, na Zona Portuária, vai junto. Está ali a banda Consciência Tranquila, em mais uma versão do baile Black Bom.

Samba na Pedra do Sal Divulgação

É um chamando à consciência social e racial, por meio de um lindo passeio musical pela black music. Com o apoio do Centro de Articulações de Populações Marginalizadas, a banda, criada em 2002 por Antonio e Sami, moradores do Turano, faz um excelente trabalho musical! Dia12 de abril tem mais.

Gafieira do Bebê

O acordeão de Bebê Kamer está de volta Divulgação

O acordeão de Bebê Kamer está de volta nesta quinta-feira, no Bola Preta, com mais uma edição da Gafieira do Bebê.

Como um dos “batutas” de Paulo Moura, nas décadas de 1990 e 2000, Bebê passou a explorar o instrumento no universo da gafieira e daí surgiu o projeto, que teve sua primeira edição em fevereiro.

Além da participação especial do Casuarina, o bailão traz a cantora Áurea Martins.

Confetes 

E nem tudo se acaba mesmo na quarta-feira de Cinzas. Nesta quinta-feira, o bloco Loucura Suburbana faz exposição de fotos, filmes e reportagens sobre o desfile 2014. Na Rua Ramiro Magalhães 521, no Engenho de Dentro.

O Santa Cruz Shopping vai abrir o microfone para declamação de poesias e outras performances durante o ‘Sarau Ponto da Poesia’. O projeto abre espaço aos apaixonados pela arte de expressar. Na sexta, a partir das 19h. A entrada é gratuita.

Estreia sábado, em Santa Teresa, ‘Caminhos: Uma Intervenção Urbana’, espetáculo de rua premiado e gratuito. A peça distribui aparelhos de MP3 e disponibiliza aplicativo para o público acompanhar as cenas em 16 apresentações em oito bairros, até junho. O ponto de encontro, sábado e domingo, será às 15h, em frente ao Centro Cultural Laurinda Santos Lobo.

Imperdível a cantora inglesa que anda dando showzaço de graça na Pracinha da General Glicério, em Laranjeiras. Sábado, por volta das 12h, antes de o chorinho começar. Muito blues, numa voz linda!

Não é compreensível que o poder público ainda não tenha se dado conta de que uma política de ocupação cultural e criativa de praças e ruas é uma bela plataforma política. Enquanto isso, o movimento cultural das ruas se fortalecendo nas redes sociais e ganha vitalidade com a juventude.

A colunista é Rita Fernandes 


Você pode gostar