Mestre Ailton se despede da Mangueira

Comandante da bateria Verde e Rosa divulga desligamento em carta no Facebook: 'Pra sempre vou te amar'

Por O Dia

Rio - "Pra sempre vou te amar": Foi desta forma que mestre Ailton se despediu do comando da bateria da Mangueira. Uma carta no Facebook oficializou a saída do comandante da Tem Que Respeitar Meu Tamborim após quatro carnavais.

"É chegada a hora de um novo caminho. De seguir em frente e encontrar um novo de Deus. Fui muito feliz e me dediquei ao máximo nesse trabalho", postou.

Mestre Ailton não é mais o mestre de bateria da MangueiraFernando Azevedo / Divulgação

A despedida, por sua vez, não foi uma decisão pessoal. Ailton deixou claro que acabou sendo dispensado repentinamente numa reunião com a diretoria. O mestre fez questão de exaltar toda a relação com os ritmistas da Verde e Rosa.

"Não estou saindo da escola por escolha e nem por estar me dedicando somente a vida com Deus. Saí da escola por opção do presidente. Emoção, tradição e inovação marcaram toda a minha passagem por aqui. Tenho orgulho de todos os ritmistas", revelou Ailton ao DIA na Folia.

Há cerca de um mês, o presidente Chiquinho da Mangueira chegou a afirmar que pretendia manter Ailton no cargo, mas que esperava mudanças no estilo de trabalho da bateria. A escola ainda não confirmou nenhum novo nome.

Últimas de Carnaval