Tradição no carnaval: Concurso de coretos está ameaçado de extinção

Apesar da proposta da RioTur ser a de estimular a população a brincar festa de Momo em seu próprio bairro, o número de participantes diminuiu com o passar dos anos

Por O Dia

Rio - Uma das tradições de carnaval pode está com os dias contados. O Concurso de decoração de coretos, que distribui prêmio de R$ 18 mil, abriu inscrições ontem com uma grande baixa. Pela primeira vez, o principal vencedor da competição, Magalhães Bastos, está fora por falta de dinheiro. A mesma alegação é dada por outros grupos que também não participam mais do evento.

Um dos fundadores do coreto de Magalhães Bastos, Tadeu Vida, de 63 anos, diz que o valor do prêmio (dividido entre os três primeiros) não cobre as despesas da montagem do coreto. "Esse valor é o mesmo há 10 anos. A mesma quantidade de material que se comparava há uma década atrás não se compra hoje. Já chegamos a gastar R$ 20 mil. Tudo está caro", afirma Tadeu.

Em 2013%2C Magalhães Bastos ganhou com o tema 'Salve Jorge Ben Jor%2C Sambando nas Curvas do Oscar'Divulgação

Apesar da proposta da RioTur ser a de estimular a população a brincar festa de Momo em seu próprio bairro, o número de participantes diminuiu com o passar dos anos. Realizada desde 1972, o concurso que já chegou a ter 27 grupos, hoje está com apenas cinco inscritos e corre o risco de extinção.

"A tendência é que essa tradição acabe. Estamos arrasados. Já participamos durante 35 anos, vencemos 12 vezes", desabafa Tadeu, que não acredita que o grupo consigará um partocinador a tempo. Para ele, a participação dos comerciantes também pesou na decisão de não participar. "A gente contava com os comerciantes, que não puderam contribuir este ano", disse.

Em 2013, Magalhães Bastos ganhou com o tema "Salve Jorge Ben Jor, Sambando nas Curvas do Oscar", instalado na esquina da Rua Libéria com a Estrada General Canrobert da Costa. No ano passado, Magalhães Bastos ficou em terceiro lugar, com tema "A Taça do mundo é nossa". O coreto vencedor foi o de Santa Cruz, com o "Carnaval Futebol Show e Emoção Santa Cruz", montado no Largo do Bodegão.

A RioTur informou que estuda aumentar o valor da premiação do concurso, informou que o maior número de participantes dá força ao evento e a elevação a quantia para os vencedores. Também ressalta que a festa é uma manifestação popular e que é importantes para cada bairro que tem na decoração de coretos uma característica do local.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 6 de fevereiro, na Praça Pio X, 119 – 12º andar – Centro, entre 10h e 17h. É preciso um grupo de ao menos cinco pessoas que será responsável por toda a funcionalidade dos coretos. Entre as exigências estão o desenho do local e o documento de aprovação do local emitido pela Subprefeitura.

Os coretos deverão estar em atividades durante os quatro dias de Carnaval, no período de 20h às 2h, e os três primeiros colocados deverão ter atividades também no dia 20 de fevereiro, quando a premiação será entregue. O primeiro colocado receberá o prêmio de R$ 8 mil. Já o segundo lugar e o terceiro lugares ganharão, respectivamente, R$ 6 mil e R$ 4 mil.

Últimas de Carnaval