Por nicolas.satriano

Rio - Blocos não podem ser tratados como eventos. A legislação atual, baseada no Decreto 16.695, de 12 de julho de 1991, e regulamentada na Resolução Sedec 278, de 21 de dezembro de 2004, define que a realização de evento com público somente poderá ocorrer após autorização do Corpo de Bombeiros.

A lei é antiga e estabelece exigências impraticáveis como responsabilidade das agremiações. Como a instalação de UTIs nos desfiles, por exemplo. Blocos são manifestações populares e, ao contrário, precisam da ajuda do Estado. É urgente a revisão dessa lei para que blocos não sejam cobrados pelo que não podem dar.

Timaço do Cordão do Boitatá

Um time de primeira está criando músicas em homenagem ao Rio a pedido do Cordão do Boitatá. Elas serão apresentadas em primeira mão no 10º Baile Multicultural do Cordão do Boitatá. Moacyr Luz e Teresa Cristina compuseram “Boitatá na aurora boreal”, um samba de gafieira que se transforma em frevo; Marcelinho Moreira e Fred Camacho criaram o samba “Meu bloco é religião”, no melhor estilo “Cacique de Ramos”; Claudio Jorge, o samba de embalo “Boitatá – O melhor Carnaval que se faz”; José Paulo Becker, “Praça XV Alto Astral”; e Eduardo Neves e Hamilton de Holanda preparam um chorinho. No dia 8 de fevereiro, na Praça 15.

Time de bambas cria músicas para o bloco sair no CarnavalDivulgação

Evoé, Simpatia! 

O bloco de Ipanema Simpatia É Quase Amor retorna à Zona Sul com ensaios e bailinho à fantasia, depois de anos na Lapa. O último ensaio do bloco é neste sábado no Planetário da Gávea, de graça, com roda de samba com o grupo Café com Fumaça, a bateria do Simpatia e apresentação do samba de 2015. Em seguida, bailinho de carnaval com o Céu Na Terra, com seu repertório de marchinhas tradicionais. 

Último ensaio do bloco Simpatia É Quase Amor é neste sábadoPublius Vergilius / Divulgação

MiSSquece

Um grupo 61 de meninas virão vestidas de “MISSquece 2015” no desfile do bloco do Jardim Botânico. Desde 2012, as amigas vêm acompanhando o Me Esquece, sempre com uma fantasia única e elaborada especialmente para o desfile. O grupo cresceu e virou uma ala neste Carnaval.

Amigos da Onça

Para conseguir dinheiro, o pessoal do Amigos da Onça inventou uma campanha pra lá de divertida num site de projetos. São nove categorias, começando pela Jabuti, em que a doação de R$ 30 dá direito, entre outros mimos, a adesivo do bloco. Depois vêm Surucucu (R$ 50), Urubu-Rei (R$ 75), Ararinha-Azul (R$ 100), podendo chegar à Onça-Pintada (R$ 5 mil). O bloco já alcançou 162 doadores e mais de R$ 10 mil. A campanha termina dia 2 de fevereiro e pode ser acessada pela página do bloco nas redes sociais.

Confetes

Domingo é dia do Coração das Meninas, bloco da Zona Portuária comandado por João Bororó. A concentração é às 15h, na Praça da Harmonia.

É nesta sexta-feira à noite, a escolha dos sambas de 2015 do Bloco do Barbas, no Chopp Time, em Botafogo. O bloco sai todos os anos com dois sambas, que se revezam ao longo do desfile.

O bloco Puxa que É Peruca, do Grajaú, sai este ano com o enredo “De Carequinha a Tiririca, 100 anos de palhaçada!”. Será uma homenagem ao centenário do mais famosos palhaço brasileiro. O desfile é amanhã, com concentração às 14h, na Avenida Júlio Furtado, em frente à Praça Edmundo Rego.

O Coletivo Bravos convida para o Palco Aberto de fevereiro, desta vez numa edição carnavalesca. O evento de arte de rua foi antecipado e será no dia 2 de fevereiro, às 20h, na Praça São Salvador.

O Laranjada Samba Clube faz ensaio geral na quadra do Santa Marta, domingo a partir de 19h. Quem for com a camiseta do bloco de qualquer ano não paga a entrada. O Laranjada desfila Domingo de Carnaval, na Rua General Glicério, em Laranjeiras.

Já é Carnaval! Neste sábado a cidade recebe 20 blocos e, no domingo, 16. Imprensa que Eu Gamo, Banda de Ipanema, Nem Muda Nem Sai de Cima, Fala Meu Louro são alguns dos que soam seus repiques, bumbos, chocalhos e tamborins.

Por Rita Fernandes

Você pode gostar