No fim de semana, 30 blocos antecipam o Carnaval no Rio de Janeiro

Maratona de apresentações e ensaios técnicos abre os festejos de Momo. Foliões se dividem para cumprir agenda festiva

Por O Dia

Rio - Entre estes sábado e domingo, cariocas e turistas terão uma verdadeira maratona de Carnaval para antecipar a festa, que começa oficialmente apenas no próximo dia 14. O maior número de foliões vai se concentrar nos blocos, que desfilarão por vários cantos da cidade. As escolas terão ensaios técnicos no Sambódromo e ensaios nas quadras.

Neste sábado, a programação dos blocos tem início às 10h, na Gávea, com o Desliga da Justiça, que desfila com integrantes fantasiados de super-heróis. Ainda neste sábado e também na Zona Sul, o Imprensa que Eu Gamo sai às 15h da Rua Gago Coutinho, em Laranjeiras, arrastando profissionais de imprensa e a tradicional Banda de Ipanema partde da Praça General Osório, a partir de 17h30.

A Banda de Ipanema comemora seus 50 anos com uma festa na Praça General Osório%2C hoje%2C às 17h30Agência O Dia

No Centro, o Cordão do Prata Preta anima a Praça da Harmonia, às 16h. Na Zona Norte, o destaque deste sábado é o Nem Muda Nem Sai de Cima, às 19h, na Tijuca.

No domingo, serão 18 blocos de variados temas. Os destaques são a Orquestra Voadora, que ensaia no jardim do MAM, às 15h, e o Volta Alice, que desfila às 10h, em Laranjeiras. Na Zona Norte, as crianças podem se divertir no bloco infantil Bigodinho Esticado, que vai animar a área de lazer da Rua Dias da Cruz, a partir das 17h. O ponto de concentração é na porta do Shopping Center do Méier. Na Ilha do Governador, o bloco Se Cair Eu Como desfila Praça Calcutá, às 12h. Na Zona Oeste, o Oba Oba do Recreio se concentra na Avenida Lúcio Costa, na altura do Posto 10, às 17h.

Além dos blocos, haverá também boas opções em clima de escolas de samba. A São Clemente, da carnavalesca Rosa Magalhães, entra hoje na Sapucaí às 20h, para fazer ensaio técnico. Ás 21h 30, será a vez da Imperatriz Leopoldinense, com o enredo “Axé Nkenda! Um ritual de liberdade - e que a voz da igualdade seja sempre a nossa voz”, do carnavalesco Cahê Rodrigues.

Neste domingo, o público do Sambódromo terá três opções. Às 19h30, a União da Ilha entra na Avenida para mostrar o enredo proposto pelo carnavalesco Alex de Souza, “Beleza pura?”. Depois é a vez da Portela, que dá forma de samba à comemoração do aniversário de quatro séculos e meio da cidade. “ImaginaRio, 450 janeiros de uma cidade surreal”, desenvolvido por Alexandre Louzada. Fecha a noite o Salgueiro, “Do fundo do quintal, saberes e sabores na Sapucaí…”, dos carnavalescos Renato Lage e Márcia Lage.

Últimas de Carnaval