Por paulo.lima

Rio - No último domingo antes de começar o carnaval, o Bloco da Preta agita foliões, em meio à Avenida Presidente Vargas, principal via do Centro do Rio, que foi um desejo antigo da cantora pois, segundo ela, a via tem "fácil acesso". Sobre o 'beijaço', Preta se mostra confiante em entrar para o Guinness Book "Vamos fazer o beijaço, vamos bater o recorde, que era de 38 mil pessoas, aqui a gente vai quebrar facilmente", enfatizou a cantora que, antes de começar o desfile, disse que "esse é o Carnaval contra a homofobia". De acordo com a Riotur, 350 mil pessoas compareceram ao desfile.

GALERIA: Bloco da Preta atrai multidão no Centro

Segundo a organização, o bloco quebrou o recorde mundial do "beijaço". O anterior era de 38 mil pessoas, mas o número de quantos casais foram formados quando Preta Gil convocou o ato, patrocinado por uma marca de creme dental, ainda não foi divulgado.

A festa da Preta foi embalada por músicas de diversos estilos musicais, do axé ao sertanejo, passando por sambas-enredo, marchinhas, funks e sucessos da cantora. MC Ludmilla fez uma participação especial e colocou o bloco para ir até o chão. No final, a cantora se despediu dos foliões ao som de 'Aquele Abraço', sucesso do pai, Gilberto Gil.

Bloco da Preta reuniu multidão no CentroOnofre Veras / Agência O Dia

"O que esse bloco vai deixar de legado é que, depois de muita negociação com o prefeito, a Avenida Presidente Vargas é o melhor lugar para fazer bloco: fácil acesso e transporte para todo mundo. Não vai ter briga, aqui tem espaço, aqui a gente vai poder ser muito feliz", disse a cantora.

Pequenas confusões também foram registradas na passagem do Bloco da Preta. Um homem foi agredido após roubar uma carteira e um celular, sendo retirado do bloco em seguida pelos organizadores.

Você pode gostar