Por pedro.logato

Rio - A rainha de bateria da Mangueira, Evelyn Bastos, se mostrou bastante empolgada antes do desfile da Mangueira na Sapucaí. Neste ano, a Verde e Rosa faz uma homenagem às mulheres. A jovem se disse honrada em representar a história feminina da Mangueira, que conta com as saudosas Dona Zica e Dona Neuma e também com a cantora e madrinha do samba, Beth Carvalho.

Evelyn Bastos brilhou à frente da bateria da MangueiraBruno de Lima

"A Mangueira sempre tem essa vocação de exaltar as mulheres. Principalmente a luta. É uma honra estar nesse papel de rainha de bateria, fazer parte desse enredo, dessa história", afirmou Evelyn.

A Mangueira é a segunda escola a entrar na Sapucaí no primeiro dia de desfiles do Grupo Especial. Antes dela, a Viradouro abriu o domingo. Além delas, a Mocidade, a Vila Isabel, o Sagueiro e a Grande Rio desfilam pela Passarela do Samba.

Você pode gostar