Por pedro.logato

Rio - O desfile da Viradouro começou com problemas envolvendo o som e a iluminação. Em pouco mais de 15 minutos de apresentação, a voz do intérprete Zé Paulo Sierra sumiu por três vezes, devido a problemas técnicos, sobrando apenas a bateria da escola de Niterói. Na dispersão, a falha aconteceu por sete vezes no mesmo período de tempo.

Além disso, dois postes, cada um com seis refletores, deram defeito na concentração da escola, antes da curva para a entrada na Sapucaí, deixando a região bastante mal iluminada. Vale lembrar que o desfile da Vermelha e Branca acontece debaixo de chuva e que o temporal na região do Sambódromo começou por volta das sete e meia da noite.

A Viradouro inaugura o desfile do Grupo Especial das Escolas de Samba do Rio de Janeiro. Além da agremiação de Niterói, a Mangueira, a Mocidade, a Vila Isabel, o Sagueiro e a Grande Rio desfilam pela Passarela do Samba neste domingo.

Você pode gostar